BLOG – Por que devemos criar um atendimento adaptado e diferenciado para o atendimento de felinos em nossa clínica? | Vetsapiens

BLOG – Por que devemos criar um atendimento adaptado e diferenciado para o atendimento de felinos em nossa clínica?

28 de novembro de 2022

Todos sabemos que felinos não são cães pequenos e possuem particularidades e necessidades únicas!

Sabemos que os tutores de felinos possuem um grande vínculo com seus animais, e quando os levam para as clínicas veterinárias, procuram lugares onde seus animais não se sintam inseguros, ansiosos e estressados.

Sabemos que felinos não gostam de mudanças bruscas de ambientes, não gostam de estar ambientes com odores e sons diferentes, latidos de cães e muito movimento de pessoas desconhecidas.

Muitos pacientes felinos se estressam bastante quando são transportados a clínica e por esta razão, grande parte dos tutores de felinos preferem atendimento em domicílio, ou levam seus animais em clinicas próximas as suas casas ou protelam a ida de seus animais para realizarem o check up e/ou as vacinas anuais.

Sabemos que o estresse agudo é bastante deletério, aumenta os níveis de cortisol sérico, causa sofrimento ao animal e ao tutor, além de atrapalhar o exame físico do animal, o diagnóstico, e ainda pode piorar a condição clínica do animal, além de causar uma péssima impressão no tutor.

Por essas razões, felinos necessitam de um atendimento diferenciado e adaptado para que não fiquem estressados durante sua visita a clínica.

Desta forma podemos adotar alguns dos procedimentos abaixo, que diminuirão o impacto deletério das consultas de felinos em nossa clínica:

– Durante a marcação da consulta, instruir por telefone os tutores de como transportar seu animal a clínica minimizando o estresse, incluindo, em alguns casos, até a indicação da administração prévia de medicamentos ansiolíticos, como por exemplo a Gabapentina ( 100mg/gato/90 minutos antes da consulta).

– Reservar uma sala de atendimento ampla e isolada, só para o atendimento de felinos, com uma iluminação mais amena, com isolamento acústico para minimizar os barulhos externos (latidos etc.) e cheiros estranhos.

– Reservar uma pequena sala de espera com feromônios (Ex: feromônio materno felino – Feliway) para acalmar os pacientes felinos já antes do atendimento. Que esta sala de espera tenha cadeiras ou apoios para que as caixas de transporte com os animais não fiquem no chão e sim suspensas na altura de seus tutores

– Pensar em uma mesa de atendimento apropriada com tapete antiderrapante, ou tapete higiênico para que o animal não fique escorregando, patinando sobre uma mesa de inox escorregadia e gelada

– Pensar que o manejo do animal deve ser feito por uma equipe especializada – enfermeiros e veterinários treinados no atendimento de felinos e sempre com a companhia do tutor. Durante o atendimento todos devem falar com um tom de voz mais baixo e os contatos com o animal devem ser feitos da maneira mais carinhosas possíveis.

– Pensar em um exame físico diferenciado, que deve ser sempre humanitário e especial, respeitando a fisiologia e o comportamento felino.

– O diagnóstico e tratamento deve ser adaptado também, evitando procedimentos desnecessários e estressantes.

– Sempre que prescrever um medicamento, entender se o tutor conseguira administrar para seu animal, pensando nas particularidades e singularidades comportamentais dos felinos, pensando o quão difícil é aplicar certos medicamentos orais.

Para informações completas de como criar um serviço Cat-friendly completo em sua clinica ou hospital, leia o mais recente Guia sobre Ambiente Amigável para o atendimento de felinos, recém publicado pela associação pelas associações – International Society of Feline Medicine e American Association of Feline Practitioners, acessando através deste link: https://vetsapiens.com/artigos/2022-isfm-aafp-cat-friendly-veterinary-environment-guidelines

Uma das razões pelo qual é importante criar um serviço Cat-friendly em sua clinica é também a melhora da  experiência veterinária e a criação de um ambiente mais calmo que se correlaciona diretamente com a segurança e satisfação geral dos funcionários. Um estudo demonstrou que esse tipo de atendimento diminui consideravelmente as  chances de acidentes laborais (mordeduras, ataques, fugas etc) com felinos.

Importante salientar que apesar dos gatos serem mais sensíveis as visitas ao veterinário, os tutores de felinos são mais cuidadosos e aderem melhores a medicina preventiva se forem estimulados e se tiverem acesso a um serviço diferenciado.

Adaptar sua clínica ou hospital para um serviço Cat-friendly, e atender esses animais desde filhotes, ajudará a manter a fidelidade do cliente, pois os animais irão se acostumar as visitas médicas e estas não serão estressantes. Além do que manter a adesão dos tutores à medicina preventiva e a check ups periódicos trará valor agregado ao atendimento, melhorando o faturamento.

 

 

 

 

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.

©2024 Vetsapiens. Todos os direitos reservados.
Proibida reprodução total ou parcial deste website sem autorização prévia.