Pesquisadores do Ceará solicitam patente de vacina veterinária contra Covid-19 para teste em humanos

1 de outubro de 2020
niticia- vacina covid ceara
 30 de Setembro de 2020 às 09h52 – 

Vacina foi testada em 1940

Pesquisadores a Universidade Estadual do Ceará (Uece) pediram a patente de uma vacina aviária, testada desde a década de 1940 para combater o coronavírus em animais, para testar em humanos. Esse processo começou nessa segunda-feira (28). O pedido para que a dose tenha uma nova utilização foi feito junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi).

Ney Carvalho, médico veterinário e doutorando em Biotecnologia, idealizador do discurso, disse: “Ontem (28), foi feito o depósito da patente, quer dizer, começa a correr o processo dentro do Inpi. Como o experimento está sendo desenvolvido dentro da Uece, a patente passa para a universidade. A patente ainda não saiu. Qualquer pessoa que vier usar essa mesma ideia, agora ela está subjugada à minha porque eu fui o primeiro no mundo”.

Após os primeiros casos da doença no Ceará, surgiu a proposta de verificar a eficácia da vacina que já eciste no mercado em seres humanos. Ney Carvalho explica, porém, que havia uma especulação negativa em volta desse assunto. “Todo mundo no início dizia que vacina para coronavírus de cachorro não funciona, por exemplo. Então, a gente resolveu verificar isso usando como modelo a vacina para o coronavírus de aves, que é mais estudada desde a década de 1940. Tem alguns resultados na literatura, de uns estudos mais antigos, que nos davam uma certa segurança”, contou.

Fonte: https://www.pnoticias.com.br/noticia/coronavirus/240543-pesquisadores-do-ceara-solicitam-patente-de-vacina-veterinaria-contra-covid-19-para-teste-em-humanos

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd
Bitnami