Macaco bugio recebe primeiros socorros em clínica veterinária

24 de setembro de 2021

Macaco bugio, que recebeu cuidados médicos na Clínica Veterinária da Faculdade Anhanguera, na última quarta-feira (15), em Itaporã. “Um morador entrou em contato conosco avisando que avistou um macaco no seu quintal. Junto da PMA, conseguimos trazê-lo para nossa unidade, para receber atendimento de emergência, dada sua condição”, diz a Medicina Veterinária , Mariana Belloni,

A especialista relata esse caso mais recente em que o macaco bugio foi resgatado, inicialmente, pela Polícia Militar Ambiental (PMA) e recebeu atendimento na faculdade. “Fizemos a sedação, avaliamos seu quadro, mas mesmo com os curativos e o pronto atendimento, ele veio a óbito. Seu pescoço estava muito machucado em razão das mordidas que sofreu”, lamentou a professora.

A coordenadora do curso explica que esse tipo de atendimento é realizado por meio de parceria com a PMA, que faz a coleta do animal e dependendo do seu estado de saúde, encaminha para a unidade de atendimento. “Também há casos em que a própria pessoa faz seu transporte até o hospital. No entanto, sempre orientamos a fazer o contato com a PMA, já que é considerado crime transitar com animais silvestres sem autorização”, alerta. Por meio da parceria, os animais recebem atendimento clínico, cirúrgico e radiológico. “Também alertamos a polícia que estamos tratando o bicho e após a recuperação, o órgão fica responsável por reintegrá-lo à natureza”, explica.

Dentre os animais que mais recebem cuidados na clínica, a professora cita aves como arara e periquitos, com fraturas, mas também capivaras, macaco prego e outros.  Conforme a assessoria, também há atendimento para animais exóticos que são criados em casa, como hamster, porquinho de índia e calopsitas.

Confira as dicas da professora sobre como agir ao encontrar um animal silvestre:

– Ligar para a PMA em qualquer caso: animais em situação de maus tratos, fora do seu habitat natural; é preciso comunicar a situação;

– Na impossibilidade do resgate pelo órgão, a pessoa pode fazer o transporte, desde que dê ciência junto à PMA, para evitar penalidades;

– Não mexa no animal nem tente dar os primeiros socorros e medicamentos. Avise a PMA e aguarde orientações de como prosseguir;

– Entre em contato com a Clínica de Medicina Veterinária e peça mais orientações.

Serviço

A Clínica de Medicina Veterinária da Faculdade Anhanguera Dourados funciona de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h, na Rua Manoel Santiago, 1155, Vila São Luiz. O agendamento pode ser feito pelos telefones 67 3416-8130 e 99691-0883 (whatsapp).

Fonte:https://capitalnews.com.br/cotidiano/macaco-bugio-recebe-primeiros-socorros-em-clinica-veterinaria/362621

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd