Fundação “Galaxy Vets” lança serviços gratuitos de tele-saúde para tutores de animais na Ucrânia.

27 de junho de 2022

A iniciativa ajuda os donos a fornecer os cuidados necessários para os animais de estimação, ao mesmo tempo em que oferece apoio emocional em momentos difíceis

A Galaxy Vets lançou um ramo sem fins lucrativos em abril de 2022 em resposta à guerra na Ucrânia e consequente crise de bem-estar animal. A nova “Galaxy Vets Foundation” foi lançada com objetivos de melhorar o acesso ao atendimento de comunidades carentes, prevenir a eutanásia por razões econômicas  e oferecer soluções de resposta humanitária aos animais.

Assim, a Galaxy Vets lançou recentemente um serviço de tele-saúde gratuito baseado em um atendimento online para donos de animais de estimação na Ucrânia ou para aqueles temporariamente evacuados do país. O serviço permite que os proprietários enviem suas preocupações relacionadas aos seus animais de estimação aos veterinários e técnicos veterinários voluntários. Um tradutor integrado interpreta as mensagens para que ambos os lados possam se comunicar de forma eficaz.

O CEO da Galaxy Vets, Ivan Zakharenkov “Zak”, DVM, MBA, é nativo da Ucrânia e alguns de seus funcionários residem lá, proporcionando mais motivação para ajudar o país. “A Ucrânia é minha pátria. Queremos ajudar da melhor maneira possível – ajudando os animais”, expressou Zak.

Uma voluntária da Galaxy Vets Foundation morando no Canadá, Helen Singleton, RVN, trabalhou anteriormente para Zak em sua primeira startup – Smart Flow. “Os membros da equipe ucraniana sempre foram as pessoas mais gentis, trabalhadoras e adoráveis. O que está acontecendo na Ucrânia é terrível, e isso realmente se destacou como uma oportunidade de retribuir e fornecer alguma ajuda”, disse Singleton, em entrevista ao dvm360®.

Os prós e contras da plataforma de tele-saúde

Em uma entrevista, Andrew Ciccolini, DVM, MSOL, diretor de iniciativas sem fins lucrativos da Galaxy Vets e chefe da Galaxy Vets Foundation, contou que atualmente existem cerca de 170 voluntários. Eles são principalmente da América do Norte, mas há outros de outras partes do mundo, incluindo África do Sul, Bélgica, Noruega, Holanda, Reino Unido e Romênia. Os voluntários podem se inscrever para um mínimo de turnos de 2 horas em seu próprio tempo. O Galaxy Vets fornece a eles ferramentas de treinamento e suporte técnico, além de recursos de saúde mental, à medida que participam desse trabalho emocionalmente desafiador – alinhando-se à missão da empresa de prevenção de burnout.

Temos um médico de medicina de família, que também é psicólogo com formação em saúde mental e bem-estar, dando apoio a todos os nossos voluntários, através de sessões individuais ou em grupo”, disse Ciccolini.

A Galaxy Vets Foundation utiliza 2 plataformas: Slack e LiveChat. Os voluntários veterinários se comunicam via Slack, enquanto os voluntários e donos de animais interagem por meio do LiveChat. O LiveChat doou generosamente algumas contas para apoiar a fundação. Enquanto isso, a Galaxy Vets fez uma parceria com a VetCT – uma empresa profissional de consultoria veterinária com uma equipe de especialistas – que ofereceu contas gratuitas a voluntários para que eles possam receber conselhos especializados sobre casos mais desafiadores que enfrentam.

Cuidados veterinários e apoio emocional

De acordo com Ciccolini, embora muitas das perguntas que recebem sejam básicas e rotineiras, os donos de animais de estimação não têm acesso a cuidados veterinários na Ucrânia, então muitas vezes não conseguem obter nem respostas simples para o que precisam. Portanto, a Galaxy Vets Foundation pode direcionar os tutores de animais para uma medicação ou recursos simples que podem ajudar no cuidado dos animais.

“Temos que ter em mente que [os proprietários] não têm nenhum acesso a um veterinário, ou mesmo a uma farmácia veterinária, então muito do que fazemos é . . . ser realmente criativos e pensar fora da caixa , encontrando algumas das soluções possíveis.  Às vezes, pode não ser seguro para eles sair e pegar qualquer coisa. Você deve ter tudo isso em mente quando estiver lidando com esses casos”, disse Medora Pashmakova, voluntária da Galaxy Vets Foundation, DVM, DACVECC, em uma entrevista ao dvm360®. Pashamakova é uma veterinária especializada em emergências e cuidados intensivos originária da Bulgária e que agora vive na Flórida.

Para os casos mais difíceis, Ciccolini disse que tem sido um desafio ajudar os donos de animais de estimação simplesmente por meio de uma plataforma baseada em bate-papo. No entanto, ele enfatizou o papel significativo que os voluntários da Galaxy Vet Foundation desempenham no apoio a esse indivíduo em um momento difícil.

“Acho que uma das coisas que todos nós da medicina veterinária estamos aqui para fazer é ajudar e apoiar o vínculo humano-animal. Acho que reconhecer o estresse e que o tutor está preocupado com o seu animal de estimação e poder confortá-lo, poder dar uma orientação para ele, ou até mesmo algo simples que ele possa fazer, ajuda muito nesse período estressante”, disse. acrescentou Pashmakova.

Uma voluntária da Galaxy Vets Foundation, Stacey Ness, RVT, que mora na Holanda, disse em uma entrevista ao dvm360®. Parece que os pais do animal de estimação ficaram muito agradecidos por estarmos lá para ouvi-los e acalmar seus medos e ajudá-los quando podemos. Foi uma experiência muito boa para os tutores de animais, eles parecem muito felizes por podermos ajudá-los enquanto tantas coisas em seu mundo são incertas no momento.”

Para mais informaçoes – https://galaxyvets.foundation/

Fonte: DVM360.com

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.

©2022 Vetsapiens. Todos os direitos reservados.
Proibida reprodução total ou parcial deste website sem autorização prévia.

OneWeb