Consultório veterinário é autuado por descarte irregular de materiais e seringas

25 de abril de 2020
Noticia-consultorio veterianrio autuado

Estabelecimento descartava seringas e ampolas de medicamentos em locais inadequados.

Um consultório veterinário foi autuado nesta sexta-feira (24), após uma fiscalização do CRMV-MS (Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul), região do Anhanduizinho, em Campo Grande. Foi constatado o descarte incorreto de ampolas de medicamentos, seringas e outros produtos.

Conforme o CRMS-MS, o conselho recebeu uma denúncia anônima sobre as irregularidades no consultório. “A Resolução do CFMV nº 1275/2019 é clara sobre o descarte desse tipo de material. Constatamos ausência de estrutura adequada, bem como problemas de ordens sanitárias e higiênicas, que serão comunicadas aos órgãos de fiscalização sanitária para apuração”, explicou o gerente de Fiscalização, Nilson Bulhões.

A resolução do Conselho Federal estabelece que veterinários devem fazer o armazenamento de medicamentos, vacinas, antígenos e outros materiais biológicos em geladeiras ou unidades de refrigeração exclusivas, contendo termômetro de máxima e mínima, com registro diário de temperatura, bem como dispor do (PGRSS) Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviço de Saúde.

Para o presidente do é essencial que os prestadores de serviço se adequem as boas práticas estabelecidas na Resolução CFMV nº1275. “Seguindo as orientações que esta resolução traz, há a garantia da prestação de serviço de qualidade. Sai todo mundo ganhando, tanto a sociedade, quanto o profissional que responde como responsável técnico e ainda os proprietários que desejam oferecer esse tipo de serviço”, enfatizou o presidente do CRMV-MS, Rodrigo Piva.

A orientação do conselho é que o tutor pode e deve pesquisar sobre a situação do estabelecimento no site. A plataforma disponibiliza dados do consultório e sobre o médico veterinário que atenderá seu animal de estimação. Para acessar o site, clique aqui.

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd
Bitnami