Anvisa publica alerta sobre substância ligada a morte de cães para evitar uso em alimentos de consumo humano

22 de setembro de 2022
noticias-intoxicacao

Propilenoglicol é um ingrediente tradicionalmente usado na indústria alimentícia, mas dois lotes específicos do produto estão contaminados por um solvente orgânico altamente tóxico.

Por g1

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou nesta terça-feira (20) um alerta a todas as empresas envolvidas nas etapas da cadeia produtiva de alimentos para consumo humano que usam o aditivo alimentar propilenoglicol, da marca Tecno Clean Industrial Ltda.

A medida é preventiva e serve de orientação às empresas, segundo informou a agência. No começo de setembro, conforme mostrou o g1, a Anvisa determinou o recolhimento e proibiu a comercialização, distribuição, manipulação e uso de dois lotes do produto (AD5035C22 e AD4055C21) contaminados por uma substância tóxica, o etilenoglicol.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) apontou que os lotes agora recolhidos pela Anvisa foram contaminados pela substância tóxica. O propilenoglicol adulterado foi usado na fabricação de petiscos para cachorros e pode ter sido responsável pela morte de ao menos 40 animais.

De acordo com o alerta da Anvisa, todas as empresas envolvidas nas etapas da cadeia produtiva de alimentos para consumo humano que tiverem em posse dos lotes não devem utilizá-los, nem os comercializar em hipótese alguma.

A agência recomenda ainda que as empresas entrem em contato com a Tecno Clean para a devolução dos produtos.

Como se trata de alimentos que representam riscos à saúde do consumidor, a Anvisa ressalta ainda que empresa responsável deve comunicar à agência a necessidade de recolhimento de lotes dos alimentos fabricados com essa matéria-prima, imediatamente após a identificação.

“A empresa responsável pelo produto e demais empresas da cadeia produtiva devem implementar medidas de controle e metodologia apropriada de avaliação de eventuais desvios para intervir sempre que necessário, com vistas a assegurar alimentos aptos ao consumo humano”, destacou a a agência.

As empresas devem notificar a Anvisa o recolhimento voluntário por meio do e-mail: recolhimento.alimentos@anvisa.gov.br.

Fonte:https://g1.globo.com/saude/noticia/2022/09/21/anvisa-publica-alerta-sobre-substancia-ligada-a-morte-de-caes-para-evitar-uso-em-alimentos-de-consumo-humano.ghtml

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.

©2022 Vetsapiens. Todos os direitos reservados.
Proibida reprodução total ou parcial deste website sem autorização prévia.

OneWeb