Diagnóstico Diferencial Tremores

Mark Troxel, DVM, DACVIM (Neurologia), Massachusetts Veterinary Referral Hospital, Woburn, Massachusetts traduzido por Rita Carmona

Ultima atualização: 01 FEV DE 2021

Doença neurológica primária

  • Síndrome do tremor responsivo a esteroides (ou seja, pequena síndrome do shaker branco)

Distúrbios cerebelares

  • Tremores congênitos relacionados à ação (por exemplo, hipomielinização/dismielinização)
  • Cerebelite (infecciosa, imuno-mediada)
  • Neoplasia

Tremores episódicos idiopáticos

tremores idiopáticos na cabeça, tremores posturais benignos (cães geriátricos)

Exposição a toxinas

  • Micotoxinas trêmicas (penitrem A e roquefortine)
  • Intoxicação por metronidazol (mais comumente causa disfunção vestibular central em vez de tremores)

Outras toxinas menos comuns

  • Anfetaminas/pseudoefedrina
  • Bromethalin
  • Carbamates
  • Cocaína
  • Etilenoglicol
  • Metais pesados (por exemplo, chumbo, alumínio)
  • Ivermectina
  • Macadâmia
  • Maconha
  • Metaldeído
  • Metilxantinas (por exemplo, cafeína, teobromina, teofilalina)
  • Organofosfatos
  • Bolas
  • Estricnina

Doença endócrina/metabólica

  • Encefalopatia hepática
  • Hipocalcemia/eclâmpsia
  • Hipoglicemia

Doença infecciosa

  • Vírus da cinomose canina
  • Raiva

Doença de iatrogênica

  • Reações de transfusão de sangue

Anexos referente a esta consulta rápida

Nenhum anexo disponível

O conteúdo deste site é para uso exclusivo e restrito dos associados. Apenas Médicos Veterinários graduados e estudantes de Medicina Veterinária são autorizados a acessar este site.

Não está permitida a divulgação de qualquer conteúdo sem a prévia autorização do Vetsapiens, por escrito. Os Médicos Veterinários são os únicos responsáveis pelo tratamento e cuidado de seus pacientes.

Quaisquer recomendações de colegas ou especialistas recebidas através deste site são meras opiniões individuais, e cada clínico é o exclusivo responsável pelo manejo de seus pacientes. Os fármacos e doses recomendadas ou calculadas no Vetsapiens devem ser sempre conferidos antes de sua aplicação.

Veterinários não devem utilizar medicações e ou protocolos com os quais não estejam familiarizados e confortáveis. O Vetsapiens preconiza que o encaminhamento para especialistas seja sempre a primeira recomendação dos clínicos gerais ao se depararem com casos clínicos além do seu conhecimento.

As imagens e informações trocadas neste site não substituem o exame físico do paciente, e a relação exclusiva entre veterinário-paciente-cliente. As imagens aqui postadas não podem ser consideradas de qualidade diagnóstica.

Toda e qualquer informação obtida neste site deve ser considerada apenas como uma sugestão individual e não tem qualquer valor diagnóstico.

Desenvolvido por logo-crowd