Informações

Princípio Ativo: Liotironina Sódica.
Classe terapêutica: Hormônio.

Dose

Cães: 4 - 6 mcg/kg VO a cada 8 horas.
Gatos: 4,4 mcg/kg VO a cada 8 - 12 horas.
Outras espécies: Informação indisponível

Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Liotironina Sódica

Classificaçāo

Hormônio

Espécies

Cães e Gatos

Apresentações e concentrações

Este produto ainda não tem informações de Apresentações e concentrações

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Devido a sua curta duração de efeito (necessita de administração a cada 8 horas) e a probabilidade de causar hipertireoidismo iatrogênico, a liotironina geralmente não é recomendada para tratar hipotireoidismo em cães. Ocasionalmente animais sem resposta a levotiroxina secundária a inadequada absorção no TGI podem responder a liotironina, Ela não é recomendada para terapia inicial devido a apenas as concentrações de T3 serem normalizadas enquanto níveis de tiroxina (T4) permanecem baixos.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Usar com cautela em pacientes geriátricos ou com hipoadrenocorticismo, doenças cardíacas ou diabetes.

EFEITOS ADVERSOS

Na sobredose, podem ocorrer taquicardia, polifagia, polidipsia, poliúria, excitabilidade, vômito, diarreia e hipertensão.

Interações medicamentosas

INTERAÇÕES

Antidepressivos tricíclicos/tetracíclicos

Aumenta o risco de estimulação do SNC e arritmia cardíaca.

Agentes antidiabéticos

Levotiroxina pode aumentar os requisitos para insulina ou fármacos orais.

Colestiramina

Pode reduzir a absorção de liotironina; doses deve ser separados por 4 horas.

Digoxina

Potencialmente pode reduzir os níveis de digoxina.

Quetamina

Pode causar taquicardia e hipertensão.

Simpatomiméticos

A levotiroxina pode potencializar os efeitos.

Varfarina

Hormônios da tireóide aumentam o catabolismo de fatores coagulantes dependentes da vitamina K podendo aumentar os efeitos anticoagulantes em pacientes sob tratamento com varfarina.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

Hormônios da tireoide afetam a frequência de muitos processos incluindo: metabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas, aumento na síntese de proteínas, aumento na gliconeogênese e promove a mobilização e utilização das reservas de glicogênio. Hormônios da tireoide também podem aumentar o consumo de oxigênio, temperatura corporal, frequência cardíaca e débito cardíaco, volume sanguíneo, ativação do sistema enzimático e crescimento e maturidade. Os hormônios da tireoide são particularmente importantes para o desenvolvimento adequado do sistema nervoso central. Enquanto o mecanismo exato de como os hormônios da tireóide exercem seus efeitos não são bem elucidados, sabe-se que os hormônios da tireoide (principalmente T3) agem em nível celular.

FARMACOCINÉTICA

Em cães o pico dos níveis plasmáticos de liotironina ocorre em 2 - 5 horas após a dose oral. A meia-vida plasmática é de aproximadamente 5 - 6 horas. Em contraste com a levotiroxina, acredita-se que a liotironina é quase completamente absorvida em cães e sua absorção não é afetada pelo conteúdo estomacal ou mudanças na flora intestinal.

MONITORAMENTO

Similar a levotiroxina, mas níveis de T4 permanecem baixos. Quando monitorar níveis de T3, colha soro antes das doses e novamente 2- 4 horas após administração do fármaco.

Referências Bibliográficas

VIANA, F. A. B. Guia Terapêutico Veterinário. 3 ed. Minas Gerais: Editora CEM, 2014. 560 p. <https://www.plumbsveterinarydrugs.com/#!/monograph/4N1g2pPo6F>. Acesso em 22 de maio de 2020.
Desenvolvido por logo-crowd