Informações

Princípio Ativo: Gonadorrelina – GnRH.
Classe terapêutica: Hormônio.

Dose

Cães: Exame de estimulação de GnRH para diferenciar castração de criptorquidismo: 50 µg/cão IM 2 - 3. Primeiramente, colha a pré-amostra; então, administre a dose indicada e, após 2 - 3 horas, colha uma nova amostra; cães castrados têm concentração de testosterona 2 ng/mL após 1 - 2 semanas atesta sucesso do tratamento.
Gatos: Infertilidade, libido reduzida, descida do testículo em gatos machos: 1 mcg/kg a cada 2 - 3 dias. Detecção de resquícios de ovário em fêmeas após ovariohisterectomia: 25 mcg por gato. O nível de progesterona (> 1 ng/mL) mensurado 1 - 2 semanas após o tratamento verifica a presença de tecido ovariano no abdômen.
Outras espécies: Informação indisponível

Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Gonadorrelina - GnRH

Classificaçāo

Hormônio

Receita

Receita Simples

Espécies

Cães e Gatos

INFORMAÇÕES AO CLIENTE

Mulheres: extremo cuidado durante a manipulação. A exposição acarreta riscos as mulheres grávidas.

ARMAZENAMENTO

Conservar em recipiente fechado, temperatura ambiente e ao abrigo de luz.

Apresentações e concentrações

Opções veterinárias

Apresentações e concentrações

  • Gonadorrelina – GnRH 5 mL a 100 mcg/mL, frasco-ampola

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Em cães, a gonadorrelina é usada experimentalmente para ajudar a diagnosticar desordens reprodutivas ou para diferenciar animais inteiros de castrados através da estimulação da produção de FSH e LH. Ela também é usada experimentalmente em cães para induzir estro.  Em gatos, a gonadorrelina tem sido usada como terapia alternativa ao FSH ou hCG para induzir estro em gatos com anestro prolongado.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Não deve ser administrado em animais com hipersensibilidade ao princípio ativo.

EFEITOS ADVERSOS

A gonadorrelina sinteticamente preparada não deve causar nenhuma reação de hipersensibilidade. Pode não ser o caso de preparações de LH obtidas pela hipófise ou hCG.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não deve ser usada em fêmeas gestantes.

Interações medicamentosas

Nenhum relato.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

A gonadorrelina é uma forma sintética de GnRH e estimula a produção e liberação de FSH e LH da pituitária anterior. A secreção endógena de GnRH pelo hipotálamo é controlada por vários fatores, incluindo hormônios sexuais circulantes..

 

Referências Bibliográficas

ANDRADE, S. F. Princípios ativos, apresentações e doses para cães e gatos. In: ANDRADE, S. F. Manual de terapêutica Veterinária, 3 ed. São Paulo: Editora Roca, 2008 PAPICH, M. G. Manual Saunders de terapia veterinária. 3ª ed. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012. <https://www.plumbsveterinarydrugs.com/#!/monograph/JuuhqWVDyY>. Acesso em 19 de maio de 2020.  
Desenvolvido por logo-crowd