Informações

Princípio Ativo: Fanciclovir.
Classe terapêutica: Antiviral.

Dose

Cães: Informação indisponível
Gatos: 40 - 90 mg/kg VO a cada 8 - 12 horas.
Outras espécies: Informação indisponível

Sobre

Aviso

Este medicamento pode ser encontrado em apresentações de uso humano, porém com literatura técnica que baseia seu uso na medicina veterinária. O uso de suas informações é de responsabilidade do médico veterinário.

Princípio(s) Ativo(s)

  • Fanciclovir

Classificaçāo

Antiviral

Receita

Controle Especial - Humano

Espécies

Gatos

ARMAZENAMENTO

Armazenar em frascos bem fechados, protegidos da luz e em temperatura ambiente.

Apresentações e concentrações

Apresentações e concentrações

  • Fanciclovir 125 mg, comprimido
  • Fanciclovir 500 mg, comprimido
  • Fanclomax 125 mg, comprimido
  • Fanclomax 250 mg, comprimido
  • Penvir 125 mg, comprimido
  • Penvir 500 mg, comprimido
  • Penvir 125 mg, comprimido
  • Penvir 500 mg, comprimido

Indicações e contraindicações

INDICAÇÕES

Indicado para o tratamento do herpes-vírus felino (FHV1) associado à conjuntivite, rinosinusite, ceratite e FHV1 associado à dermatite. Em gatos tratados há melhora da conjuntivite, diminuição da inflamação conjuntival, do desconforto ocular e do lacrimejamento.

CONTRAINDICAÇÕES / PRECAUÇÕES

Fanciclovir é contraindicado em pacientes com hipersensibilidade a ele ou ao penciclovir. Reduza a dose em animais com comprometimento da função renal.

EFEITOS ADVERSOS

Os efeitos adversos em gatos não estão bem documentados, mas o medicamento aparenta ser bem tolerado quando usado por até 3 semanas. Em alguns gatos notou-se anorexia e polidipsia quando o tratamento utilizou doses de 90 mg/ kg VO a cada 8 horas.

REPRODUÇÃO, GESTAÇÃO E LACTAÇÃO

Não é indicado para uso durante gestação ou lactação.

Interações medicamentosas

Probenecida

Pode reduzir a quantidade de penciclovir excretado pelos rins e aumentar os níveis dele no plasma.

Farmacologia

FARMACODINÂMICA

O fanciclovir é um análogo sintético da purina (análogo nucleosídico acíclico). É convertido no medicamento antiviral penciclovir e apresenta atividade antiviral contra o herpes-vírus tipos 1 e 2. A ação relatada é decorrente da afinidade com a enzima timidina quinase, que converte o penciclovir em trifosfato de penciclovir, que inibe a DNA polimerase viral, prevenindo, assim, o alongamento da cadeia de DNA - logo, impede o alongamento da cadeia de DNA viral. É usado no tratamento de várias formas de infecção por herpes-vírus em seres humanos e também no tratamento viral de infecções em animais.

FARMACOCINÉTICA

Famciclovir é desacetilado (na parede intestinal e no sangue) e oxidado via aldeído oxidase no fígado a um composto ativo, penciclovir. Enquanto a desacetilação ocorre rápida e completamente, gatos são deficientes em aldeído oxidase e devido a isso, extrapolar informações farmacocinéticas de outras espécies para gatos não é confiável. Farmacocinética é não linear em gatos provavelmente devido a saturação dos sistemas enzimáticos de biotransformação. Administração oral de fanciclovir 40 mg/kg ou 90 mg/kg demonstrou absorção variável de fanciclovir e baixa biodisponibilidade de penciclovir. Alimento pode reduzir a biodisponibilidade oral. A meia vida do penciclovir foi de 4 - 5 horas em ambas as dosagens. Penciclovir IV apresentou volume  de distribuição de aproximadamente o volume total de água de gatos. Concentrações de penciclovir nas lágrimas de gatos é próxima das encontradas no plasma. Em outro estudo de farmacocinética em gatos doses de 40 mg/kg e 90 mg/kg VO foram administradas, plasma penciclovir Cmax 2 mcg/mL e 2,3n  mcg/mL respectivamente e meia-vida de eliminação foi de 4 - 5 horas em ambas as doses. Concentrações nas lágrimas foram significativamente mais altas com doses de 90 mg/kg.

MONITORAMENTO

Monitore a eficácia clínica e efeitos adversos. Acompanhe também o hemograma e a creatinina ocasionalmente para monitorar neutropenia ou disfunção renal se estiver usando o medicamento cronicamente a ureia e a creatinina durante o uso.

Referências Bibliográficas

AVISO: algumas informações foram retiradas da bula do medicamento referência, que consta na base de dados da ANVISA. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/index.asp> PAPICH, M. G. Manual Saunders de terapia veterinária. 3ª ed. Elsevier, Rio de Janeiro, 2012. <https://www.plumbsveterinarydrugs.com/#!/monograph/WvQAfRA0Tv>. Acesso em 15 de maio de 2020. <https://consultaremedios.com.br/fanciclovir/pa>. Acesso em 15 de maio de 2020.
Desenvolvido por logo-crowd