Infecção por Leishmania sp. em cães de Florianópolis, Santa Catarina, Brasil

22 de agosto de 2020

Leishmania sp. infection in dogs from Florianópolis, Santa Catarina, SC, Brazil

Autores

Acácio Duarte Pacheco, Marcia Dalastra Laurenti, Valéria Marçal Félix de Lima, Thaise Yumie Tomokame, Mary Marcondes

Resumo

O objetivo do presente estudo foi pesquisar a ocorrência de infecção por Leishmania sp. em cães (N = 491) domiciliados  no município de Florianópolis, Santa Catarina, considerada uma região indene para leishmaniose visceral até o ano de 2011, quando foram notificados casos autóctones da doença canina. A soroprevalência na população foi avaliada por ELISA (0,4%; 2/491) e RIFI (4,09%; 24/491). Somente um cão apresentou sororeatividade em ambos os métodos soro-lógicos, totalizando 25 (5,3%) animais sororeagentes. O DNA de Leishmania sp., obtido de uma amostra do sangue total desse animal, foi amplificado por PCR convencional e PCR em Tempo Real. Não foi possível realizar o sequenciamento do DNA amplificado e, deste modo, determinar a espécie de Leishmania envolvida. Os nossos resultados sugerem a necessidade de uma investigação epidemiológica minuciosa em Florianópolis.

Palavras-chave

Leishmaniose Visceral. Diagnóstico. ELISA. RIFI. PCR.

Abstract

The aim of the present study was to investigate the occurrence of Leishmania sp. infection in dogs (N = 491) living in the municipality of Florianópolis, Santa Catarina (SC), Brazil, which was considered a disease-free region for visceral  leishmaniasis until 2011, when autochthonous cases of canine disease were notified. Seroprevalence in this population was assessed by ELISA (0.4%; 2/491) and IFAT (4.09%; 24/491). Only one dog exhibited seroreactivity in both serological methods, comprising a total of 25 (5.3%) seroreagent animals. Leishmania sp. DNA, obtained from a sample of whole blood of this animal, was amplified by both conventional and Real-Time PCR. Sequencing of the amplified DNA and, thereby, determination of the Leishmania species involved, was not possible. Our results suggest the necessity of a thorough epidemiological investigation in Florianópolis.

Keywords

Visceral Leishmaniasis. Diagnosis. ELISA. IFAT. PCR.

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd