Breve Revisão – Acromegalia em cães

2 de março de 2021
Tradução e edição DVM MS Paola Lazaretti

Acromegalia é o resultado clínico da exposição a quantidades excessivas de hormônio de crescimento endógeno (GH), situação denominada como hipersomatotropismo.

O excesso de hormônio de crescimento causa uma miríade de efeitos, dentre eles:

  • Resistência à insulina induzindo a diabetes mellitus e dificultando seu controle
  • Crescimento da face e extremidades
  • Espessamento dos tecidos da orofaringe
  • Aumento dos espaços interdentários
  • Organomegalia
  • Espessamento do miocárdio

A acromegalia em gatos e cães têm etiologias diversas caso queira aprender mais sobre acromegalia dê uma olhada na nossa consulta rápida

Aqui relatamos dois casos de Acromegalia em cães:

Acromegalia caes

Acima está a boca de uma Setter irlandesa intacta, de 9 anos de idade, apresentando hiperplasia gengival e amplos espaços interdentais, sinais compatíveis com acromegalia. A cadela também tinha diabetes cetoacidótica, que se tornou evidente quando ela entrou na fase diestral do ciclo.

Artigo acromegalia cães

Acima está um Cocker Spaniel fêmea castrada de 8 anos de idade. Ela havia recebido acetato de medroxiprogesterona, que causou suas características acromegálicas, conforme mostrado na imagem (espaços interdentais alargados e alargamento maxilar). Seu nível de hormônio de crescimento plasmático estava elevado (16 µg / L, valor de referência <6 µg / L).

Ambos os cães apresentavam acromegalia causada por excesso de progesterona, que é característico desse distúrbio endócrino em cães. 

A progesterona induz a produção de hormônio de crescimento pelas glândulas mamárias.

A etiologia difere em gatos e humanos, onde a acromegalia é geralmente causada por um tumor da hipófise anterior. 

Os problemas da setter foram resolvidos com a ovariohisterectomia;  o hipersomatotropismo foi resolvido e o diabetes entrou em remissão. 

As características acromegálicas da Cocker Spaniel regrediram à medida que o progestágeno acumulado foi metabolizado.

 

Fonte: Michael Schaer, DVM, Diplomate ACVIM & ACVECC ENDOCRINOLOGIA https://www.cliniciansbrief.com/article/acromegaly

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd