Vacina promissora protege macacos de danos nos pulmões

18 de maio de 2020
noticia- caes podem pegar coronavirus de seus donos

Uma vacina experimental contra a COVID-19 protegeu macacos de pneumonia e provocou uma forte resposta imune nos animais.

Vincent Munster, do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas, em Hamilton, Montana, Sarah Gilbert, da Universidade de Oxford, Reino Unido, e seus colegas projetaram uma vacina que codifica a nova proteína do coronavírus, usada para invadir as células hospedeiras (N. van Doremalen e outros,pré-impressão em bioRxiv http://doi.org/dvvd; 2020). Os pesquisadores injetaram  6 macacos rhesus (Macaca mulatta) com a vacina antes de dar aos animais altas doses de vírus.

Todos os macacos vacinados desenvolveram anticorpos neutralizantes – que podem impedir a entrada de um vírus nas células – contra o SARS-CoV-2. Os animais vacinados tinham níveis muito mais baixos de RNA viral no tecido pulmonar do que os animais não vacinados, sugerindo que a vacina impediu que o vírus se multiplicasse nos pulmões dos macacos. Dois dos três macacos de controle desenvolveram pneumonia; nenhum dos macacos vacinados o fez. A pesquisa ainda não foi revisada por pares.

Um ensaio clínico da vacina está em andamento.

Fonte: https://www.nature.com/articles/d41586-020-00502-w?utm_source=Nature+Briefing&utm_campaign=4084763bea-briefing-dy-20200518&utm_medium=email&utm_term=0_c9dfd39373-4084763bea-45115734

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd
Bitnami