Pablo Escobar: por que cientistas falam em ‘bomba-relógio’ e querem matar famosos hipopótamos do colombiano

16 de fevereiro de 2021

Pablo Escobar é um nome que a Colômbia tenta esquecer há 30 anos.

Um dos criminosos mais famosos de todos os tempos, ele foi o fundador do cartel de drogas de Medellín na década de 1980, responsável por sequestros, bombardeios e assassinatos. A certa altura, ele foi considerado um dos homens mais ricos do mundo.

Mas o chefão da cocaína também é responsável pelo que os cientistas chamam de uma bomba-relógio ecológica.

Um grupo de hipopótamos importados originalmente por Escobar para seu zoológico particular décadas atrás se multiplicou e, de acordo com os cientistas, agora está se espalhando por um dos principais cursos de água do país, o rio Magdalena. No mês passado, um estudo publicado na revista Biological Conservation apontou que o abate dos animais seria a única forma de mitigar seu impacto ambiental.

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd