Nem tudo que vem da China é vírus!

13 de março de 2021

Baseado no texto de Carla Weinberg,  DVM e Lynelle Graham, DVM, MS, DACVA

Tradução e edição Paola Lazaretti, DVM MS

 

Yunnan Baiyao é uma fórmula à base de ervas da medicina tradicional chinesa usada na medicina humana e veterinária.

Yunnan se refere à província chinesa de onde se originou a fórmula à base de ervas. Bai significa branco e Yao significa remédio, então é o remédio branco de Yunnan.

Na medicina tradicional chinesa denomina-se estagnação de sangue ou sangue estagnado, situações nas quais nosso sangue não está fluindo corretamente.  Em um organismo saudável, o sangue não fica estagnado. Esta fórmula à base de plantas é frequentemente usada por via oral em primeiros socorros e para casos em que há sangramento interno, como hemoperitônio ou traumas graves.

Um dos usos mais comuns é para epistaxis. Ele também tem propriedades anti-inflamatórias e pode ser usado para o alívio da dor. 

Embora não existam muitos estudos sobre seu uso na literatura veterinária, o Angell Animal Medical Center em Boston e outros hospitais veterinários bem conhecidos em todo os EUA e Canadá utilizam-no há anos junto com medicamentos ocidentais típicos para prevenir sangramento em diversas situações.

Ele se originou em sua forma atual em 1902 para uma variedade de usos, incluindo cicatrização de feridas, analgésico e para estancar sangramentos. 

Este medicamento tornou-se famoso durante uma batalha em 1938, quando foi usado para ajudar a salvar a vida de soldados feridos. E depois de um relato que um comandante chinês salvou sua perna da amputação, a lenda de Yunnan Baiyao nasceu.

Os efeitos hemostáticos provavelmente advém de mudanças ultraestruturais nas plaquetas, além de promover a liberação de constituintes plaquetários. Estudos mostraram que a utilização tópica e oral proporcionou diminuição do tempo de sangramento em ratos, e do tempo de coagulação em coelhos. e reduziu significativamente o sangramento perioperatório, bem como sangramento em várias condições hemorrágicas-ulcerativas em humanos.

Assim, o uso pré-operatório de Yunnan Paiyao pode diminuir a necessidade da utilização de hemoderivados, atenuando as dificuldades potenciais e os efeitos colaterais da reposição de sangue, bem como estresses fisiológicos associados à perda de sangue. 

Seus ingredientes são um segredo bem guardado. Existem muitas marcas disponíveis para compra, mas não se sabe quais realmente podem ser eficazes ou se podem conter contaminantes. É fundamental verificar a origem do produto.

Além de sua ação nas plaquetas, também é utilizado no tratamento de dores leves e pode supostamente inibir infecções.

Mais comumente usado pelas vias tópica e oral,  Yunnan Baiyao está geralmente disponível em uma caixa de 16 cápsulas, cada uma contendo 250 mg por cápsula. Também pode vir em frascos com 4g de pó. Há uma pequena pílula vermelha junto com as cápsulas normais, chamada de “pílula de emergência”, a ser administrada quando há choque ou hemorragia significativa, equivalendo ao frasco de 4 g ou 16 cápsulas. Também pode ser encontrado nas formas de  aerossol ou  emplastro.

Tal como acontece com muitas terapias à base de ervas, as dosagens  são mal definidas e variáveis, podendo variar e serem “adequadas” dependendo da causa do sangramento. As seguintes recomendações de dose foram coletadas de uma variedade de fontes, incluindo publicações do VIN,  discussões livros didáticos e palestras:

Cães: 

-Uso tópico:

  • 1 cápsula de 250mg/10 kg, duas vezes ao dia
  • 1 cápsula de 250/5kg, administrada em doses divididas
  • ¼  colher de chá por 5-7 kg, ou 60-75 mg / kg, pelo menos uma vez por dia
  •  75-100 mg /kg por dia, administrados em doses divididas

Abrir a cápsula e derramar em feridas superficiais, tumores com  sangramento, etc.

-Via oral:

  •  <15 kg = 1 cápsula P.O. duas vezes ao dia
  •  15-30 kg = 2 cápsulas P.O. duas vezes ao dia
  •  > 30 = 2 cápsulas P.O. três vezes ao dia

Gato

  • Uso tópico: 

Abrir a cápsula e derramar em feridas superficiais, tumores com  sangramento, etc.

Via oral:

  • 1/2 -1 cápsula P.O. duas vezes por dia, ajustando-se adequadamente

Os efeitos colaterais em animais  são leves,  incluindo náuseas, vômitos; diarreia; dor de estômago; irritação na pele; dor no peito; prurido e  flatulência. Deve ser utilizado com precaução em cães com doença hepática, uma vez que pode causar um aumento das enzimas hepáticas.

Nos Estados Unidos, a substância está registrada para uso apenas em humanos, e apesar Yunnan Baiyao ter valor clínico potencial, deve-se ter cautela ao utilizá-lo. Até o momento, há pouca evidência definitiva da segurança e eficácia nas espécies-alvo. Além disso, o ingredientes não são conhecidos quanto à identidade e e quantidade. Clinicamente, ao usar remédios baseados em segredos chineses antigos (ou modernos), o impacto farmacocinético ou farmacodinâmico  permanece desconhecido e não se pode antecipar potenciais interações erva-droga.

Caso este composto seja usado em  pacientes,  deve-se deixar todas estas informações bem claras ao tutor e também solicitar uma autorização por escrito antes de utilizá-la.

Eu já usei em alguns casos de epistaxe, e devo admitir que fiquei impressionada com os resultados. Claro que devemos reforçar que o sangramento é decorrente de uma doença ou injúria primária e esta deve ser identificada e controlada. O Yunnan Baiyao é um tratamento auxiliar e no momento ainda não entendemos realmente seu mecanismo de ação.

 

 

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd