Microsporidiose em Gatos: uma infecção zoonótica emergente

28 de dezembro de 2021
Formulario pain felino

Brandy A. Burgess, DVM, MSc, PhD, DACVIM (LAIM), DACVPM, University of Georgia

A microsporidiose é uma preocupação zoonótica emergente, e os gatos podem ter um papel importante na dispersão ambiental do agente causador e na epidemiologia da microsporidiose humana.

Em uma revisão sistêmica e meta-análise avaliaram a prevalência mundial de infecção por microsporídia e diversidade genética de organismos entre gatos de propriedade e daqueles semi-domiciliados e errantes. Foi realizada uma busca sistemática sobre literatura relevante: foram incluídos 30 estudos que representam 34 conjuntos de dados.

Em geral, as estimativas de prevalência variaram por continente e método de detecção utilizado. As maiores estimativas de prevalência foram derivadas de estudos baseados em microscopia (29,7%), e depois de técnicas de sorologia (11%) e molecular (8,2%). Entre os estudos de base molecular (n = 23), as estimativas de prevalência agrupadas foram as mais altas na África, seguidas pelas Américas, Europa, Ásia e Oceania. As espécies de microsporidia mais comumente identificadas foram Enterocytozoon bieneusi e, a partir daí, Encefalitozoon intestinalis e Encephalitozoon cuniculi. As estimativas de prevalência não diferem significativamente entre gatos de propriedade e de vida livre.

O autor destaca que esta revisão sistemática mostra uma escassez de dados tanto em países industrializados quanto em desenvolvimento no apoio às recomendações de prevenção e controle baseadas em evidências. A epidemiologia da microsporidiose deve ser uma área contínua de pesquisa em todo o mundo.

Principais pérolas para colocar em prática:

1

Embora a detecção microscópica seja comumente usada, identificar esporos de microsporidia usando este método pode ser difícil, e o diagnóstico errado pode resultar. Os métodos de detecção molecular são, portanto, considerados o padrão de detecção e identificação de microsporidia.

2

E cuniculi é um patógeno em coelhos comumente relatados nesta revisão que tem sido associado com uveíte e cataratas em gatos; consideração deve ser dada a isso como um diagnóstico diferencial.

 

3

Os gatos são um reservatório potencial para infecções por microsporidia que podem representar um risco para a saúde dos seres humanos, particularmente aqueles que são imunocomprometidos. Os médicos devem trabalhar com médicos para orientar os proprietários imunocomprometidos a compartilhar suas casas com gatos com segurança.

FONTE: Microsporidia em Gatos: Um Patógeno Zoonótico Emergente | Resumo do Médico (cliniciansbrief.com)

Leitura complentar: The largest meta-analysis on the global prevalence of microsporidia in mammals, avian and water provides insights into the epidemic features of these ubiquitous pathogens – Vetsapiens

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd