Governo do Estado do Rio de Janeiro amplia Selo Pet Friendly para comércio, bares e restaurantes

30 de janeiro de 2021

Após adesão maciça dos hotéis do Estado do Rio de Janeiro, o Selo PET Friendly começará a ser entregue a lojas, bares e restaurantes que autorizam a entrada e permanência de animais de estimação. A novidade foi implementada em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-RJ) e com o Sindicato de Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro (SindRio).

O acordo de cooperação entre o Governo do Estado e as entidades de classe foi assinado, nesta sexta-feira (29), no Palácio Guanabara. Para o secretário de estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Marcelo Queiroz, idealizador do selo, a adesão dos novos setores reforça a importância cada vez maior dos animais de estimação na vida das pessoas.

“Há uma demanda crescente para que os animais de estimação possam entrar e permanecer em todos os lugares e a adesão desses novos setores comprova a importância que os pets ganharam na rotina dos seus donos. O Estado do Rio de Janeiro caminha para se tornar uma referência na instituição de políticas para animais de estimação”, destacou Queiroz, cuja secretaria é responsável pelas políticas de proteção e bem-estar animal no Estado.

Também participaram do evento o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), Antonio Florencio de Queiroz Junior; o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel-RJ), Pedro Hermeto; e o presidente do Sindicato de Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro (SindRio), Fernando Blower.

Os comerciantes e lojistas interessados deverão se cadastrar junto à Fecomércio-RJ. No caso dos bares e restaurantes as inscrições serão organizadas por Abrasel e SindRio.

Consulte os locais no Rio de Janeiro com Selo PET Friendly aqui.

*Com informações da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd