Gato faz amizade com filhote, o leva para casa e obriga família a adotá-lo

2 de janeiro de 2021

Quem tem gato sabe que são eles que mandam em tudo e nesse caso, não foi diferente.

Por 
 
Temos muito a aprender com os animais e o gatinho ruivo chamado Stavros é o exemplo perfeito. Vivendo em uma confortável fazenda na Holanda com a dona Klarieke e os seus irmãos felinos Jack e Louis, ele fez questão de inserir um novo integrante à família.

Klarieke notou a presença de um gatinho em seu quintal. Ela não sabia se ele tinha dono ou não, mas o felino parecia assustado e sempre fugia quando ela se aproximava, aceitando apenas a companhia do gato Stavros.

A dona já havia decidido com o seu esposo que não adotariam mais gatos, mas quando ela percebeu o gatinho intruso estava todos os dias na propriedade da família. O local que ele mais gostava de ficar era no galpão, ao lado do Stavros, é claro.

A família notou a amizade entre os dois felinos, que compartilhavam momentos divertidos de brincadeiras e cochilos juntos, o gatinho se sentia seguro ao lado de Stavros. Até então, o felino só visitava a família de longe, evitando qualquer contato mais próximo, mas isso logo mudou.

Certo dia, depois de ter servido o jantar para os seus gatos, Klarieke flagrou o gatinho comendo na tigela de Stavros, que não pareceu se incomodar nenhum pouco em compartilhar a sua comida, pelo contrário. Ele observou a cena, mas não interrompeu o felino e o deixou comer até ficar saciado.

“Eu dei ao gatinho sua própria tigela de comida no galpão, mas ele fugiu quando me viu. Aparentemente, ele estava com tanta fome que arriscou entrar para comer”, disse Klarieke

Depois de algumas semanas, Charlie decidiu entrar na casa com o apoio de Stavros, que o encorajou a segui-lo para dentro de casa, e não se separou de seu lado enquanto ele percorria o local.

Como Stavros e o próprio gatinho já haviam decidido que ali era o seu novo lar, só restou para Klarieke aceitar a situação e acolhê-lo definitivamente. Isso aconteceu e ela o nomeou de Charlie, que parecia a cada dia estar mais confortável em sua nova casa.

Embora ainda fosse tímido com os humanos, Charlie adorava passar um tempo ao lado do seu irmão mais velho e o imitando em absolutamente tudo.

“Podemos dizer oficialmente que Charlie se mudou para a nossa casa e temos um quarto gato. Ele entra na cozinha na hora do jantar e nos deixa acariciá-lo e até abraçá-lo”, contou a dona.

Como gato oficial da família, Charlie foi levada ao veterinário para constatar que estava tudo bem, como de fato aconteceu, além de ter se adaptado à casa, a caixa de areia e a conviver com os outros irmãos felinos.

Charlie ainda gosta de passar o tempo no galpão com seu melhor amigo e, aos poucos, ele se torna mais receptivo aos humanos. Ele está feliz por ter esta grande família e pelo apoio que Stavros sempre lhe oferece.

Lições que os gatos ensinam sobre a amizade

Assim como a amizade do cão, a amizade do gato é pura. Por isso podemos aprender com os felinos a como nos tornarmos amigos melhores. Confira!

  • Cuide dos seus: os gatos sempre estão por perto, quando seu dono precisa.
  • Perdoe e esqueça: os gatos tem facilidade em perdoar e esquecer o que fizeram com ele.
  • Compartilhe com os seus amigos: eles compartilham comida facilmente.
  • Fique atento aos seus amigos: eles adoram acompanhar e seguir seus amigos.
  • Aceite seus amigos como eles são: os gatos não se importam com a aparência. Tudo o que importa é como são tratados.
  • Esteja aberto para fazer diferentes tipos de amigos: os gatos gostam de quem o gostam e não se desculpam por isso.
Ana Caroline Haubert

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd