Engenheiro cria a MeowTalk: a aplicação que traduz o miar dos gatos

19 de novembro de 2020

O engenheiro pode estar prestes a realizar o sonho de milhões de pessoas que vêm nos gatos os seus animais de companhia. Para melhorar esta relação, nada melhor do que entender o que os felinos querem expressar cada vez que miam.

Gatos, cães e bebês – pode ser um desafio entendê-los, mas é certo que quando eles querem, ou precisam de algo, farão de tudo para ter, mesmo que que na maior parte das vezes os humanos não os compreendam.

Agora, um ex-engenheiro da Amazon é gerente de projeto na Akvelon e revelou uma nova aplicação chamada MeowTalk. Esta aplicação pode ajudar a compreender o miar dos gatos, de acordo com o comunicado de imprensa.

Javier Sanchez inspirou-se no desenvolvimento desta ferramenta, depois de assistir à série da NPR “The Secret Language of Cats”, relata a GeekWire.

O engenheiro achou que poderia usar a sua experiência com gatos na aplicação e, após várias pesquisas, percebeu em conjunto com a sua equipa, que os gatos têm cerca de nove formas de chamar à atenção.

A equipa construiu o MeowTalk (que é compatível com iOS e Android) com base em emoções e mensagens básicas. De “Estou com fome” a “Estou feliz”, os utilizadores podem encontrar traduções para uma variedade de emoções.

Akvelon

Aplicação MeowTalk

O MeowTalk permite gravar o miar do gato para que depois o possa traduzir. Além disso, os utilizadores podem ajudar a aplicação a melhorar a precisão, através do ajuste das reações podendo também adicionar mensagens personalizadas como “Eu quero o meu brinquedo!”

Este projeto é a primeira etapa, no entanto, o objetivo final é produzir uma coleira que traduza o miar com uma resposta de voz. A tecnologia por trás da aplicação não é perfeita e depende dos seus utilizadores para aumentar a qualidade das traduções.

A nova aplicação ainda está a ser aprimorada, pois Sanchez e sua equipa estão a trabalhar numa atualização que terá outros idiomas para além do inglês.

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd