Circuito do Bahrein resgata cadela que interrompeu treino da F1

28 de novembro de 2020

Animal foi examinado por veterinário e agora aguarda nome

O Circuito Internacional do Bahrain resgatou a cadela que escapou para a pista durante o segundo treino livre da Fórmula 1 na sexta-feira, e a levou a um centro de resgate de animais.

Depois de uma longa bandeira vermelha após a batida de Alexander Albon no segundo treino livre para o GP do Bahrain na sexta-feira, a sessão foi retomada por apenas 27 segundos antes de outra bandeira vermelha ser mostrada.

Os pilotos que estavam na pista foram rápidos em informar que tinham visto um cachorro, que foi pego pelas câmeras de TV do mundo todo pouco depois, mostrando-o correndo na pista na curva 1.

Foi revelado na manhã de sábado, antes do treino final, que o cão foi encontrado graças à ajuda do Centro de Resgate de Animais do Bahrain (BARC) e levado para a Sociedade do Bahrain para a Prevenção da Crueldade com os Animais (BSPCA).

“Atualização importante! Lembra-se da nossa visitante do TL2? Ela foi encontrada e agora está sob os cuidados incríveis da BSPCA”, disse um tweet da pista.

“Ela foi examinada pelo veterinário e ela está bem. Alguém tem uma ideia para um nome?”

Ao ser informado de que um cão havia entrado na pista, o heptacampeão mundial Lewis Hamilton foi rápido em dizer: “Espero que não seja Roscoe!”, tendo levado seu cão para a maioria das corridas este ano.

Sebastian Vettel começou a cantar, “Who let the dogs out?” depois de ser informado sobre o cachorro, e disse: “Se eu soubesse que cães eram permitidos, teria trazido os meus!”

Foi o segundo fim de semana de corrida consecutivo em que uma sessão foi interrompida por um cachorro sendo avistado na pista, após um incidente semelhante durante a classificação para o GP da Turquia.

Um gato também provou ser um dos membros mais populares do paddock em Ímola no mês passado, com a pista revelando mais tarde que o seu nome era Formulino e que ele era o “rei do paddock”.

As regras para animais no paddock constam no regulamento esportivo da F1, no Artigo 22.17 dizendo: “Animais, exceto aqueles que tenham sido expressamente autorizados pela FIA para uso pelos serviços de segurança, são proibidos na pista, no pit lane, no paddock ou em qualquer área de espectadores.”

Fonte: https://motorsport.uol.com.br/f1/news/circuito-do-bahrein-resgata-cadela-que-interrompeu-treino-da-f1/4917535/

Leia também:

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd