Após jovem obrigar cão a cheirar cocaína, veterinária alerta que animais também podem se viciar

5 de novembro de 2021

Jovem de 29 anos confessou à polícia ter obrigado cachorro a cheirar cocaína para conseguir mais droga em Cubatão.

Por g1 Santos

Após um jovem de 29 anos ser preso depois de obrigar um cachorro a cheirar cocaína, em Cubatão (SP), uma veterinária ouvida pelo g1 informou que animais domésticos também podem se viciar em drogas. O suspeito confessou à Polícia Civil ter dado a substância ao cão, e foi preso por maus-tratos contra outros animais, cães e gatos que mantinha na casa da mãe em condições precárias.

A médica veterinária Kely Yamauchi disse à reportagem que animais domésticos também se intoxicam com drogas, e podem chegar ao vício. Entretanto, a especialista pontua que eles geralmente não chegam a esse ponto, porque dependem dos humanos para o consumo.

Comparado com o tratamento destinado aos humanos, quando há necessidade de intervenção nos pets, ela tem que ser feita com mais cautela. Isso porque os efeitos que a droga pode ter no organismo dos animais podem causar inchaço e acometer o sistema nervoso e cardiovascular.

Segundo a especialista, dentre os principais sintomas de animais intoxicados com cocaína, estão o vômito, diarreia e efeitos neurológicos como convulsões e paralisias. Em casos de intoxicações leves, o procedimento de desintoxicação pode ser feito de forma natural, até o animal eliminar a droga do organismo.

Animal foi drogado pelo suspeito. Caso é investigado pela Polícia Civil em Cubatão, SP — Foto: Reprodução
Animal foi drogado pelo suspeito. Caso é investigado pela Polícia Civil em Cubatão, SP — Foto: Reprodução

O cachorro intoxicado com cocaína na quarta (3) passa bem. Segundo o protetor animal Cadu Barbosa, o cão passou por consulta veterinária na quinta-feira (4), após ser resgatado, e não apresenta muitos sintomas de intoxicação.

Droga ao cachorro

O caso ocorreu no bairro Parque São Luís. Segundo a Polícia Civil, uma moradora levou à delegacia o vídeo que mostra o suspeito colocando a substância no focinho de um cachorro. Na gravação, é possível ver o jovem segurando à força o animal enquanto conversa com outras pessoas.

“Satanás”, diz o suspeito, se referindo ao cachorro. Depois de ele colocar a droga, o grupo dá risada, e uma pessoa comenta que “vai dar overdose”. Junto com o vídeo, a polícia recebeu a indicação de onde seria o local que o suspeito estava. Equipes se dirigiram ao endereço e localizaram o suspeito, que foi conduzido à delegacia.

Conforme a polícia, no interrogatório, o jovem confessou que deu cocaína ao cachorro, por pressão da pessoa que lhe fornecia a droga na região, dizendo ser dependente químico.

Cachorro que foi drogado com cocaína após ser resgatado — Foto: Arquivo Pessoal
Cachorro que foi drogado com cocaína após ser resgatado — Foto: Arquivo Pessoal

Fonte:https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/2021/11/05/apos-jovem-obrigar-cao-a-cheirar-cocaina-veterinaria-alerta-que-animais-tambem-podem-se-viciar.ghtml

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd