A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer!

20 de novembro de 2021

Gato cinza, branco, preto, laranja, rajado ou com cores misturadas: o que não falta é variedade quando o assunto é a cor do gato. Esse, inclusive, acaba sendo um dos maiores critérios que os tutores usam na hora de adotar um bichano e, acredite se quiser, isso pode ajudar bastante a entender o comportamento do animal no dia a dia. Nem todo mundo sabe, mas é possível definir a personalidade dos gatos pela cor (ou pelo menos chegar muito próximo disso). É isso mesmo: a cor da pelagem de gatos pode ter relação com o seu temperamento, e existem até pesquisas que comprovam isso.

Mas então, qual o significado das cores dos gatos e o que isso pode indicar sobre o seu comportamento no geral? Se você ficou curioso para saber mais sobre isso, é só vir com a gente. Te explicamos tudo sobre a ligação entre gatos, cores, personalidades e muito mais!

Cores de gatos: o que determina a coloração dos pelos dos felinos?

Para entender como a cor do gato é formada, é importante lembrar de alguns conceitos de biologia, como melanina e genes. A melanina, resumidamente, é a proteína responsável pela pigmentação dos pelos do gato. Isso é definido, por sua vez, com base na quantidade de eumelanina e feomelanina (dois componentes essenciais para a coloração). Enquanto a eumelanina produz cores como o castanho e o preto, a feomelanina assume a produção dos tons de vermelho. A mistura dessas cores também pode desencadear outros tipos de pelagem, como o gato cinza, creme, chocolate ou laranja.

A informação genética da melanina fica contida nos genes X do animal. Aqui vai uma colinha: o gene é o segmento de uma molécula de DNA onde várias informações genéticas ficam armazenadas – como a cor da pelagem dos gatos -, caso você não se lembre.

Já a coloração branca pode aparecer de três maneiras: por meio do gene branco, do gene de manchas brancas ou do gene do albinismo. Se um gatinho tiver gene branco ou albino, ele será inteiramente branco. No entanto, se ele tiver o gene de manchas brancas, pode ser um gato bicolor, por exemplo. Exemplos disso são o gato preto e branco (o frajolinha), o gato amarelo e branco, o gato cinza e branco ou até o gato branco e marrom.

Macho ou fêmea? Entenda se as cores de gatos podem ser definidas pelo sexo

Será que dá para saber qual é o sexo de gato fêmea e macho baseado exclusivamente nas cores do animal? Bom, a resposta é: depende. Lembra que a gente falou que a informação da cor do gato fica armazenada no cromossoma X? Então, outro ponto importante é que os machos tem os genes XY e as fêmeas tem os genes XX. Por uma questão de probabilidade, é muito difícil existir um gato preto e amarelo que seja macho, por exemplo. Como o gene X só consegue guardar a cor preta ou a cor amarela – e não as duas juntas -, o macho não pode apresentá-las simultaneamente porque ele é XY, enquanto as fêmeas são XX (consequentemente, podem ter as duas cores ao mesmo tempo).

Isso também quer dizer que um gato tricolor (gato preto, branco e amarelo) tende a ser fêmea, e não macho. Mas então todo gato tricolor ou gato escaminha (gato preto e amarelo) é fêmea, então? A resposta é não! Se apresentar uma anomalia genética chamada Síndrome de Klinefelter, o gato macho nasce com um cromossoma a mais (XXY). Nesse caso, ele pode apresentar as cores mencionadas acima, mas é muito raro de acontecer.

Outra historinha que muita gente conta por aí é que os gatos laranjas sempre são machos. A explicação para isso também está no DNA dos felinos. Para ter a cor totalmente alaranjada ou amarelada, é necessário que a fêmea possua um gene específico nos dois cromossomas X. Os gatos machos, por sua vez, precisam apresentar o gene no único cromossoma X que eles têm, o que torna o processo muito mais fácil.

Estudo afirma que há evidências entre o pelo de gato e a sua personalidade

Um estudo da Universidade da Flórida e Califórnia, nos Estados Unidos, mostrou evidências de que, baseados em observações de diversos tutores, a cor da pelagem de gatos tem muito a ver com sua personalidade! Foi possível chegar a essa conclusão após uma pesquisa online anônima realizada pela universidade para avaliar as percepções humanas sobre os felinos de acordo com a cor dos seus pelos.

Nessa pesquisa, os tutores deveriam atribuir 10 termos a 5 gatos com cores diferentes (laranja, tricolor, branco, preto e bicolor). Os termos, por sua vez, eram: ativo, indiferente, ousado, calmo, amigável, intolerante, tímido, teimoso, tolerante e treinável. Em cada termo, era possível determinar os níveis referentes às cores do gato com base na escala Likert, que funciona como uma espécie de classificação. Exemplo: de 0 a 5, o quanto você considera que um gato bicolor preto e branco é amigável? E assim por diante.

Os pesquisadores, por fim, observaram que muitos tutores com gatos da mesma cor relataram características semelhantes, como amor, amizade, indiferença e agressividade. Com base nisso, foi possível perceber que sim: a cor do gato pode refletir no seu comportamento, o que abriu porta para outros estudos sobre a personalidade de cada pet.

Existem poucas informações sobre cores raras, como o gato marrom (raça Havana é a única que possui esse tom de pelagem). No entanto, se seu bichinho tiver mais de uma cor – como o gato branco e cinza – ou padrões diferenciados – como o gato tigrado e o gato manchado -, não se preocupe: fomos atrás de algumas respostas para esse tipo de pelagem de gato também. É só continuar lendo!

Qual é o significado da cor dos gatos?

Além de saber que a personalidade dos gatos se manifesta pela cor da pelagem, muita gente também se questiona qual o significado das cores dos gatos do ponto de vista místico e energético. Confira abaixo o que cada cor representa:

  • Gato preto: significado está associado à proteção e purificação do ambiente.
  • Gato branco: significado está associado ao poder de cura, equilíbrio e alívio de estresse.
  • Gato rajado: significado está associado à sorte, otimismo e energia positiva.
  • Gato cinza: significado está associado à estabilidade, paz e tranquilidade.
  • Gato laranja: significado está associado à prosperidade, criatividade e autoestima.
  • Gato bicolor: significado está associado à amizade e sabedoria.
  • Gato tricolor: significado está associado ao poder feminino, proteção e sorte.
  • Gato escaminha: significado está associado à poderes místicos, proteção e cura.

Gato preto: o medo é um mito, pois ele é só amor!

O estudo é claro: essa história de que gato preto dá azar é só mito mesmo! Na verdade, o comportamento desses bichanos pode ser realmente surpreendente. Os gatos pretos têm maior tendência a ter um comportamento manso e tranquilo, além de serem amáveis, confiáveis e tranquilos. Esses gatinhos também gostam muito de brincar e ter os tutores por perto, mas são desconfiados e intuitivos. A capacidade de perceber perigos ao redor – e tentar alertar seu seu dono, na maioria das vezes – talvez explique a má fama de “azarados”. Mas, na realidade, ter um gato preto em casa com certeza é sinônimo de sorte, porque esses animais são muito mais do que nós podemos perceber.

As raças de gato preto podem ser variadas. O Persa está nessa lista, assim como o Maine Coon, gato Angorá e o Bombaim. Além disso, se a ideia é adquirir um gato preto, raça nem sempre é o mais importante. Existem vários vira-latinhas por aí com esse padrão de pelagem procurando por um lar. Então, quem sabe você não consegue encontrar um gato preto peludo ou até mesmo um gato preto de olho azul?

Gato branco é marcado por timidez e calmaria

Os gatos brancos são menos ousados, mais tímidos e calminhos do que outros felinos. Por incrível que pareça, a cor da pelagem também está associada com a falta de interesse que esses bichanos têm na rua – diferente de vários outros gatinhos. Ou seja, na prática isso quer dizer que os gatos brancos são mais caseiros e gostam de ficar no próprio cantinho. Por outro lado, eles podem ser um pouco indiferentes e mais independentes, pois são muito reservados e individualistas. Eles costumam ser desconfiados perto de estranhos, mas são companheiros muito fiéis quando criam um vínculo afetivo com a sua família.

O que não faltam são raças de gato branco para se apaixonar! O gato Ragdoll é um que com certeza chama a atenção com sua pelagem densa, mas compete com o gato Angorá Turco, o Persa, o Khao Manee e o gato Himalaio pela fofura. Geralmente, os gatos brancos têm olhos azuis e maior probabilidade de surdez, então é bom ficar atento!

Gato rajado é tranquilo e apegado com os donos

Um comportamento que intriga muitas pessoas é o do gato rajado, muito conhecido pela beleza da sua pelagem “listrada” e mesclada com tons de outras cores. Eles têm um comportamento tranquilo e sempre vão preferir estar próximo aos donos do que de outras pessoas, porque eles se sentem mais confortáveis perto da família. No entanto, por serem naturalmente curiosos, os gatos rajados são mais abertos para conhecer novas pessoas e não exalam tanta desconfiança quanto animais de outras cores. Sim, o gato listrado tende a ser bem curioso e adora explorar seus instintos naturais. Portanto, é necessário que o tutor tenha certa disposição para brincar e saber como gastar a energia do animal.

Os vira-latinhas são bem populares quando o assunto é um gato mesclado, até porque geralmente existe uma grande variabilidade de cores, como o gato rajado cinza e o gato tigrado branco  (que são bem semelhantes, até). No entanto, algumas raças de gato listrado que também chamam atenção são o Pixie-Bob, o gato Manx, o gato Bengal (ou gato-de-bengala), o Munchkin, o Scottish Fold e o Cornish Rex.

Gato cinza é muito carinhoso, divertido e tem um lado aventureiro

comportamento do gato cinza é marcado por uma personalidade carinhosa e extrovertida. Esses animais também são bem curiosos e têm um jeito muito brincalhão. Pode-se dizer até mesmo que o gato cinza é um pouco travesso, porque ele dificilmente fica parado por muito tempo e sempre está procurando uma nova aventura pela casa. Para os fãs de gatos cinzentos, a boa notícia é que os bichanos dessa cor são bem mansos e não dispensam um bom carinho (desde que o tutor saiba os lugares certos para acariciá-lo). Ou seja, é uma mistura de fofurinha com muita atitude e aventura.

Existem várias raças de gato cinza apaixonantes! O Korat e o Chartreux são as mais populares quando se pensa em um felino dessa cor, mas também é possível encontrar outros exemplos como o gato Persa, o Angorá, o gato Azul Russo e o gato de Pelo Curto Inglês. Ah, e claro: além dessas raças, gato cinza também pode não ter uma raça definida (SRD) e ainda assim será um ótimo amigo para a vida.

Gato preto e branco (o famoso gato frajola): personalidade é independente e agitada

Quando se trata dos gatos frajolas, personalidade é o que não falta! Independência é praticamente o sobrenome desses gatinhos, e eles também costumam ser bem agitados. Em alguns casos, é comum que o gato preto e branco fique bravo – e nesses casos, a agitação é maior ainda. Foi o que outra pesquisa da Universidade da Califórnia  descobriu ao tentar entender a relação da cor da pelagem com traços de agressividade. Eles observaram que o gato preto e branco, assim como o gato cinza e branco, podem ter um comportamento agressivo em determinadas situações, como visitas ao veterinário ou quando tentam puxá-los para um colo indesejado.

Os gatos dessas cores também podem ser verdadeiros fujões no dia a dia. Para evitar que isso aconteça, o ideal é acostumar o gato filhote preto e branco a se acostumar com situações adversas, com adestramento e socialização adequada. O reforço positivo faz toda a diferença!

Ainda assim, o gato frajola traz muita alegria para dentro de casa. Eles são brincalhões, mas às vezes gostam de ficar isolados no seu próprio mundinho apenas observando tudo ao seu redor. E qual é a raça de gato preto e branco? Alguns exemplos de felinos que podem ser encontrados nessas cores são o Cornish Rex, o gato de Pelo Curto Americano e o Angorá Turco. Se você não se importa tanto com esse tipo de coisa e quer ter um gato frajola, raça pode ser o famoso “vira-lata”!

Gato amarelo: a personalidade Garfield não é à toa!

Preguiçosos, brincalhões e grandes amigos, os gatos amarelos ou laranjas têm a personalidade bem característica do famoso gatinho Garfield. Muito descontraídos e divertidos, os gatos amarelos são observados e estudados como grandes festeiros, que gostam de curtir um bom carinho e ficar em casa. O gato laranja é extremamente simpático e ama ser o centro das atenções, ao mesmo tempo em que é muito dengoso. Uma situação típica desse gatinho é que ele vive se esfregando no tutor para receber carinho, e pode até miar para chamar sua atenção (caso ele sinta que você não está mimando ele o suficiente). A agressividade e a timidez não são características dos gatos dessa cor.

É muito fácil se apaixonar por gatos laranjas. Então, quais raças têm essa característica? Alguns exemplos de gato amarelo são o Maine Coon, gato Persa, Manx, Bobtail Americano e, claro, os nossos queridos gatinhos vira-latas! Em alguns casos, o animal pode até apresentar umas manchinhas brancas pelo corpo, mas isso não interfere na personalidade dócil e amigável dele.

Gato bicolor, tricolor e escaminha: como é o comportamento de cada pet?

No geral, o gato bicolor – com exceção do frajola – tende a ser muito estável. São animais que têm uma curiosidade aguçada, mas ao mesmo tempo podem agir meio distantes. É bem comum encontrar um gato branco e marrom, por exemplo, correndo atrás dos seus tutores para ganhar atenção, e logo depois se esquivando de seus carinhos. Mas, no geral, são ótimas companhias e com uma lealdade enorme. Quando se trata de um gato bicolor, as possibilidades são infinitas e o céu é o limite! Tem diferentes combinações que agradam a todos os gostos, como:

  • Gato marrom e preto
  • Gato cinza e preto
  • Gato branco com cinza
  • Gato amarelo com branco
  • Gato amarelo com preto

Já o gato tricolor sempre seguirá o mesmo padrão de gato preto, branco e amarelo. Seu jeitinho normalmente encanta as pessoas porque como os gatos tricolores são fêmeas, em sua maioria, eles são bem dóceis e apegados com a família. Além disso, tem um comportamento muito brincalhão e ativo, sempre procurando alguma coisa para se distrair ou uma presa para perseguir. Também tem um lado independente e pode ser teimoso.

Por fim, o gato escaminha é uma pelagem que lembra o casco de uma tartaruga, com as cores preto e laranja bem mescladas. Esses animais têm uma personalidade bem característica e são bem tímidos e introvertidos. Geralmente, não é um gato que se sente confortável perto de estranhos e fica mais recluso no seu cantinho. Já perto da família, o gatinho é puro amor e adora receber carinho.

Independente da cor, o que importa é o amor!

As descobertas científicas são muito importantes, mas o que é mais importante ainda é a criação. Todas as observações que a ciência comprovou são apenas tendências – ou seja, não quer dizer que seu gato frajola seja obrigatoriamente fujão, ou seu gato preto super tranquilo. O que realmente é importante é uma criação com amor, afeto e cuidado e, principalmente, responsabilidade. Uma boa alimentação, estímulos corretos e um lar seguro com janelas teladas é o que mais conta nessas horas.

Redação: Karoline Miranda e Juliana Melo

FONTE: A cor da pelagem do gato determina a personalidade dele? Veja o que a ciência tem a dizer! (patasdacasa.com.br)

Comentar esta notícia

Você precisa estar logado para comentar as notícias.
Desenvolvido por logo-crowd