Osteopontin expression and its relationship with prognostic biomarkers in canine mammary carcinomas.

3 de junho de 2020

Lidianne N. Monteiro², Breno S. Salgado, Deilson E. Oliveira, Luis G. Rivera-Calderon, Luis M. Montoya-Flórez, Paula Sanctis, Noeme S. Rocha

Monteiro L.N., Salgado B.S., Oliveira D.E., Rivera-Calderon L.G, Montoya-Flórez L.,
Sanctis P. & Rocha N.S. 2020. Osteopontin expression and its relationship with prognostic
biomarkers in canine mammary carcinomas. Pesquisa Veterinária Brasileira 40(3)210-
219 Departamento de Clínica Veterinária, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia,
Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Rua Prof. Dr. Valter Maurício Corrêa
s/n, Botucatu, SP 18618-681, Brazil. E-mail: [email protected], [email protected].co
Osteopontin is a glycophosphoprotein implicated in different physiologic and pathologic
processes and is known to be involved in progression and metastasis of various cancers in
humans, but this relation is still little explored in the veterinary. The aim was to evaluate the
expression of osteopontin in canine mammary carcinomas and its relation with well-established
canine mammary tumor biomarkers. For that, expression of OPN, EGFR, HER2, and c-Kit were
evaluated along with Ki67 rate in 43 mammary carcinomas. Osteopontin was demonstrated
to be expressed by neoplastic epithelial cells in all carcinomas as well as in stromal cells
from the tumor microenvironment. Relation between high osteopontin expression and EGFR
positivity (P<0.001) and HER2 overexpression (P=0.012) was demonstrated. In conclusion,
high OPN expression seems to be related to poor prognosis and MAPK pathway activation,
given the association with EGFR and HER2, members of the MAPK signaling pathway.
INDEX TERMS: Dogs, cancer, osteopontin expression, prognostic biomarkers, canine mammary carcinomas,
immunohistochemistry, epidermal growth factor receptor, human epidermal growth factor receptor 2.

RESUMO.- [Expessão de osteopontina e sua relação com
biomarcadores prognóstico nos carcinomas mamários
caninos.] A osteopontina é uma glicofosfoproteina implicada
em diferentes processos fisiológicos e patológicos, sendo
conhecida por estar envolvida na progressão e metástase de
vários cânceres nos humanos, no entanto, essa relação é ainda
pouco explorada na veterinária. O objetivo deste trabalho foi
avaliar a expressão da osteopontina nos carcinomas mamários
caninos e sua relação com biomarcadores bem estabelecidos
para esta neoplasia. Para isto, foi avaliada a expressão de OPN,
EGRH, HER2 e c-Kit juntamente com a taxa de Ki67 em 43
carcinomas mamários. A osteopontina foi expressa pelas células
epiteliais neoplásicas em todos os carcinomas, assim como, nas
células estromais do microambiente tumoral. Foi demonstrada
uma relação entre uma alta expressão de osteopontina e
positividade para EGFR (P<0.001) e superexpressão de HER2
(P=0.012). Em conclusão, alta expressão de OPN parece estar
relacionada com mau prognóstico e ativação da via MAPK,
devido a sua associação com EGRF e HER2, os quais são
membros desta via de sinalização.
TERMOS DE INDEXAÇÃO: Cães, câncer, osteopontina, biomarcadores,
carcinomas mamários caninos, imunohistoquímica, receptor de
fator de crescimento epidérmico, receptor de fator de crescimento
epidérmico humano 2.

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd