O bem-estar de cães na prática hospitalar

2 de agosto de 2020

The Welfare of Dogs in the Hospitalar practice.

Autores

Ricardo Osman Gomes Aguiar, Andrea Roberto Bueno Ribeiro, Ana Claudia Balda, Paulo Marcelo Tavares Ribeiro 

Resumo

Os animais são seres sencientes, com sistemas biológico e psicológico complexos e necessidades específicas que, em conjunto, determinam seu grau de bem-estar. Assim, a prática hospitalar veterinária deve considerar as liberdades, oportunidades e necessidades desses pacientes, respeitando a importância da relação cão-tutor e buscando promover emoções positivas, mitigando as negativas neste ambiente e durante o tratamento do paciente canino. Esta abordagem, iniciada com a publicação de Animal Machines, de Ruth Harrison, em 1964, ganhou maior expressão nos últimos anos com o avanço do conhecimento cientifico na área de bem-estar animal, e, para os animais de companhia, em especial, como reflexo do aumento do número destes nos grandes centros, integrado como parte dos membros das famílias humanas. Assim, o bem-estar passa a ser o pilar do tratamento e não o complemento. Desta forma, o objetivo deste estudo foi identificar, por meio de revisão de literatura, os aspectos da fisiologia e do comportamento dos cães, bem como os resultados já publicados, em relação às características do ambiente e da condução do atendimento e internação destes nas clínicas e hospitais veterinários, que influenciam de forma positiva ou negativa seu bem-estar

PALAVRAS-CHAVE: Ciclo circadiano, Estresse canino, Internação canina, Relação cão-tutor.

ABSTRACT

Animals are sentient beings with complex biological and psychological systems and specific needs that, together, determine their degree of welfare. Therefore, the veterinary hospital practice should consider the freedoms, opportunities and needs of these patients, respecting the importance of the dog-guard relationship and seeking to promote positive emotions, mitigating the negative ones. This approach, begun with the publication of Ruth Harrison's Animal Machines, in 1964, and has received greater expression in recent years, with the advancement of scientific knowledge in animal welfare and in special for pets, with the increase in their population in metropolitan areas, integrating human families as members. Thus, animal welfare becomes the pillar of the treatment, not the complement. The objective of this study was identifying, through a literature review, aspects of the physiology and behavior of dogs, as well as the results already published, regarding the characteristics of the environment and the conduct of care and hospitalization in the clinics and veterinary hospitals, which positively or negatively influence their well-being.

KEYWORDS: Animal welfare. Canine hospitalization. Circadian cycle. Distress in canines.

 

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd