Natural and artificial hyperimmune solutions: Impact on health in puppies

28 de dezembro de 2020

Soluções hiperimunes naturais e artificiais: impacto na saúde de cachorros

Autores

H Mila A Grellet C Mariani  A Feugier B Guard J Suchodolski J Steiner S Chastant-Maillard

ABSTRACT

Colostrum and milk are complex mammary secretions providing the puppy with many nutritional and immunological factors, which play a crucial role for its correct development and survival. In the case of colostrum and/or milk intake deficiency, puppies are at increased risk of infectious diseases. This work reviews the various nutritional hyperimmune supplementations proposed to provide a passive immune protection and to positively impact puppies' health. Some strategies rely on canine immunoglobulins: canine colostrum banking and canine serum/plasma supplementation. Others involve heterologous sources of antibodies and other immune factors: bovine colostrum or hyperimmune egg powder. Among the different solutions evaluated from birth to weaning, canine plasma and hyperimmune egg powder showed promising beneficial effect on puppies' health. Canine plasma seems to positively impact not only growth (increased growth during the neonatal period), but also digestive health (higher species richness of intestinal microbiota) and the general health (tendency of lower morbidity). Puppies supplemented with hyperimmune egg powder presented increased neonatal growth and decreased risk of canine parvovirus infection. Nevertheless, natural canine maternal colostrum and milk ingestion remains the optimal guarantee for puppies' health and survival, as a source of immunity, energy and growth factors.

Keywords: canine colostrum; canine milk; growth; hyperimmune solution; morbidity; passive immune transfer; puppy.

RESUMO

O colostro e o leite são secreções mamárias complexas que fornecem ao cachorro muitos fatores nutricionais e imunológicos, os quais desempenham um papel crucial para o seu correto desenvolvimento e sobrevivência. No caso de deficiência na ingestão de colostro e / ou leite, os filhotes apresentam risco aumentado de doenças infecciosas. Este trabalho revisa as várias suplementações nutricionais hiperimunes propostas para fornecer uma proteção imunológica passiva e impactar positivamente a saúde dos filhotes. Algumas estratégias dependem de imunoglobulinas caninas: banco de colostro canino e suplementação de soro / plasma canino. Outros envolvem fontes heterólogas de anticorpos e outros fatores imunológicos: colostro bovino ou ovo em pó hiperimune. Entre as diferentes soluções avaliadas do nascimento ao desmame, o plasma canino e o ovo em pó hiperimune mostraram efeitos benéficos promissores na saúde dos filhotes. O plasma canino parece impactar positivamente não apenas o crescimento (aumento do crescimento durante o período neonatal), mas também a saúde digestiva (maior riqueza de espécies da microbiota intestinal) e a saúde geral (tendência de menor morbidade). Filhotes suplementados com ovo em pó hiperimune apresentaram aumento do crescimento neonatal e diminuição do risco de infecção por parvovírus canino. No entanto, a ingestão de colostro materno canino natural e leite continua sendo a garantia ideal para a saúde e sobrevivência dos filhotes, como fonte de imunidade, energia e fatores de crescimento.

Palavras-chave: colostro canino; leite canino; crescimento; solução hiperimune; morbidade; transferência imune passiva; cachorro.

 

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd