Manejo sanitário e a ocorrência de carrapatos em propriedades na região do planalto serrano Catarinense, Sul do Brasil

29 de maio de 2020

Manejo sanitário e a ocorrência de carrapatos em propriedades na região do
planalto serrano Catarinense, Sul do Brasil
Sanitary management and the occurrence of ticks on properties in the planalto
serrano Catarinense, Southern Brazil

Andressa Kemer
Engenheira Agrônoma/Mestre em Ciências
Universidade Federal de Santa Catarina/Campos Curitibanos
Endereço: Rodovia Ulysses Gaboardi, km 3, CEP 89520-000, Curitibanos, SC
E-mail: [email protected]
Bruna Juliana Américo Machado
Aluna de Medicina Veterinária
Universidade Federal de Santa Catarina/Campos Curitibanos
Endereço: Rodovia Ulysses Gaboardi, km 3, CEP 89520-000, Curitibanos, SC
E-mail: [email protected]
Daniel Comelli
Aluno de Medicina Veterinária
Universidade Federal de Santa Catarina/Campos Curitibanos
Endereço: Rodovia Ulysses Gaboardi, km 3, CEP 89520-000, Curitibanos, SC
E-mail: [email protected]
Carine Lisete Glienke
Doutora em Zootecnia pela Universidade Federal de Santa Maria/Professor Adjunto C
Universidade Federal de Santa Catarina/Campos Curitibanos
Endereço: Rodovia Ulysses Gaboardi, km 3, CEP 89520-000, Curitibanos, SC
E-mail: [email protected]
Alexandre de Oliveira Tavela
Doutor em Medicina Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa/Professor Adjunto C
Universidade Federal de Santa Catarina/Campos Curitibanos
Endereço: Rodovia Ulysses Gaboardi, km 3, CEP 89520-000, Curitibanos, SC
E-mail: [email protected]
RESUMO
O manejo sanitário empregado em rebanhos leiteiros reflete diretamente na produção final, sendo
este um aspecto importante e que merece atenção dentro do sistema produtivo adotado. O objetivo
do trabalho foi identificar as práticas de prevenção e controle do carrapato utilizadas em
propriedades leiteiras e analisar a correlação com a ocorrência desse parasito em rebanhos do
Planalto Serrano Catarinense. Entre novembro de 2018 e maio de 2019 selecionou-se 18
propriedades leiteiras, onde coletou-se dados com emprego de um questionário semiestruturado
sobre a idade e raça dos animais, área total destinada a pastagem, característica da pastagem, uso ou
não de quimioterápicos convencionais, princípios ativos utilizados, assistência técnica, fonte da

indicação dos produtos, trocas de princípios ativos, emprego de métodos alternativos de controle
dos carrapatos, ocorrência de altas infestações por carrapatos (acima de 100 teleóginas). Realizouse análise descritiva, estabelecendo a frequência de respostas para cada variável estudada, bem como
análise de correlação de Pearson entre elas. Em 61% das propriedades estudadas, produtos químicos
sintéticos são usados para controlar carrapatos. Dessas propriedades, 67% apresentaram alta
infestação de carrapatos durante o período do estudo, enquanto nas propriedades caracterizadas por
usarem apenas métodos alternativos de controle (homeopatia e rotação de pastagem) (17%), não
houveram relatos de infestações por parasitos. Apenas 26% dos produtores relataram contar com
assistência técnica. A maioria dos produtores de leite (66%) afirmou realizar a troca de princípios
ativos, mas sem regularidade ou orientação técnica. Identificou-se correlação positiva moderada
entre infestação e idade (0,49), uso de quimioterápico como controle (0,35), indicação do produto
(0,24) e correlação moderada negativa entre a infestação e a troca do princípio ativo (0,45) e entre
o uso de quimioterápico e método alternativo de controle (0,44). Observou-se que o conhecimento
dos produtores sobre as formulações disponíveis é escasso ou incorreto. Em geral, o controle de
carrapatos no município de Curitibanos é realizado de maneira empírica, com o uso de carrapaticidas
químicos.
Palavras-chave: Assistência técnica, bovinos de leite, controle alternativo, ectoparasiticidas,
práticas de manejo, quimioterápicos convencionais
ABSTRACT
The health management used in dairy herds directly reflects on the final production, which is an
important aspect and deserves attention within the adopted production system. The objective of the work
was identify the prevention and control practices used in dairy farms and to analyze the correlation with
the occurrence of this parasite in herds on the Planalto Serrano Catarinense. Between November 2018
to may 2019, 18 dairy farms were selected, where data were collected using a semi-structured
questionnaire on the age and breed of the animals, total area for grazing, characteristic of pasture, use or
not of conventional chemotherapy, active ingredients used, technical assistance, source of indication of
products, exchanges of active ingredients, use of alternative methods of tick control, occurrence of high
tick infestations (over 100 teleologens). Descriptive analysis was performed, establishing the frequency
of responses for each variable studied, as well as analysis of correlation between them. In 61% of the
properties studied, synthetic chemicals are used to control ticks. Of these properties, 67% showed high
tick infestation during the study period, while in the properties characterized by using only alternative
control methods (homeopathy and pasture rotation) (17%), there were no reports of parasite infestations.
Only 26% of producers reported having technical assistance. The majority of milk producers (66%)
stated that they exchange active ingredients, but without regularity or technical guidance. A moderate
positive correlation was identified between infestation and age (0.49), use of chemotherapy as a control
(0.35), indication of the product (0.24) and a moderate negative correlation between infestation and the
exchange of the active ingredient (0 ,45) and between the use of chemotherapy and an alternative method
of control (0.44). It was observed that the producers' knowledge about the available formulations is
scarce or incorrect. In general, the control of ticks in the municipality of Curitibanosis carried out
empirically, using chemical ticks.
Keywords: Alternative control, conventional chemotherapy, dairy cattle, ectoparasiticides, management
practices, technical assistance.

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd