Levantamento das principais doenças infecciosas em cães e gatos atendidos pela gestão municipal de Santa Fé do Sul

30 de junho de 2020

Autores:

Adrielli Gonçalves Guerra, Shaysa da Costa Bezerra, Andreia Estela Moreira de Souza

Resumo:

Dentre as diversas doenças apresentadas por cães e gatos, destacam-se as de natureza infecciosas, muitas das quais são zoonoses podendo ser transmitidas ao homem, constituindo uma questão de saúde pública. O presente trabalho objetivou avaliar a ocorrência das principais doenças infecciosas em cães e gatos atendidos pelo município de Santa Fé do Sul-SP, no período de agosto de 2018 a julho de 2019. Para isso, foi realizada pesquisa documental por censo pela análise de prontuários e dados fornecidos por centros de controle de zoonoses do município e pesquisa de campo por observação e acompanhamento. Foram avaliadas também as formas de tratamento e destinação dos animais. O número de casos positivos de erlichiose, cinomose, leishmaniose em cães e esporotricose em gatos foram um total de 257. Em cães, observaram-se 132 (81,5%) casos de leishmaniose, 20 (12,3%) com erlichiose e 10 (6,2%) com cinomose. Em gatos, foram encontrados 93 casos de esporotricose, no período. Os dados obtidos nesse estudo mostram números significativos da prevalência de zoonoses de cães e gatos, com alto potencial de transmissão, evidenciando a necessidade de implementação de políticas públicas municipais para controle da população de animais e manejo adequado dos doentes, além de projetos educativos junto à rede de ensino e com a comunidade em geral, para identificação rápida das doenças e redução do vetor da Leishmaniose. A partir dos dados apresentados, medidas de prevenção devem ser instauradas para diminuir o número de casos observados uma vez que se trata de um problema de saúde pública.

Palavras chaves:

Doenças infecciosas. Zoonoses. Cães. Gatos.

Abstract:

Among several diseases present in cats and dogs the infectious ones are prominent; most of them are zoonosis and may be transmitted to humans thus representing a public health issue. The present paper aims to evaluate the occurrence of the major infectious diseases in cats and dogs treated by Santa Fé do Sul-SP municipality from August 2018 to July 2019. In this regard, a document research guided by census was conducted in order to analyze records and data provided by zoonosis control center from that municipality as well as observation field research and follow-up. In addition, other ways of treatment and animal’s allocation were evaluated. The number of positive cases for ehrlichiosis, canine distemper, leishmaniasis in dogs and sporotrichosis in cats totaled 257. In dogs, it was reported 132 (81,5%) leishmaniasis cases, 20 (12,3%) for ehrlichiosis and 10 (6,2%) for canine temper. In cats, 93 sporotrichosis cases were found in the same period. Data collected in this study report a significant number of zoonosis prevalence in cats and dogs, with high potential of transmission, revealing that it is necessary to implement municipal public policies to control animal population as well as proper handling for sick animals, besides educational programs together to schools and community in general for immediate identification of the disease and reduction of Leishmaniasis vector. From the data submitted, prevention measures might be introduced to reduce the number of cases observed since it is a public health issue.

Keywords:

Infectious diseases. Zoonosis. Dogs. Cats.

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd