Frequência de leptospirose em cães sob proteção animal no município de Caicó, estado do Rio Grande do Norte, Brasil

24 de abril de 2020

Frequency of leptospirosis in dogs under animal protection in the municipality of Caicó,
state of Rio Grande do Norte, Brazil
Frecuencia de leptospirosis en perros bajo protección animal en el municipio de Caicó,
estado de Rio Grande do Norte, Brasil

José Emanuel de Souza Sales
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1317-0856
Universidade Federal de Campina Grande, Brasil
E-mail: [email protected]
Robério Gomes de Souza
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8617-5068
Instituto Federal Goiano, Campus Rio Verde, Brasil
E-mail: [email protected]
Rafael Dantas Lacerda
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-4129-0852
Universidade Federal de Campina Grande, Brasil
E-mail: [email protected]
Ruthyanna Camila Medeiros da Silva
ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1296-3106
Universidade Federal de Campina Grande, Brasil
E-mail: [email protected]
Edson Vinícius Leite Veloso
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1533-8499
Universidade Federal de Campina Grande, Brasil
E-mail: [email protected]
José Gilberto Santos da Nóbrega
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4921-331X
Universidade Federal de Campina Grande, Brasil
E-mail: [email protected]
Willian Bonne Monteiro dos Santos

ORCID: https://orcid.org/0000-0001-9599-5423
Instituto Federal Goiano, Campus Rio Verde, Brasil
E-mail: [email protected]
Severino Silvano dos Santos Higino
ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1784-7481
Universidade Federal de Campina Grande, Brasil
E-mail: [email protected]

A leptospirose é uma doença bacteriana infectocontagiosa que afeta animais domésticos e
silvestres, além de ser uma importante zoonose. Nos cães, ela constitui um grave problema a
saúde pública, pois estes podem ser portadores assintomáticos, atuando como reservatórios e,
por este fato, animais presentes nas Organizações de Proteção Animal podem ser reinseridos
na comunidade com eliminação intermitente do patógeno podendo causar a contaminação de
outros animais e do próprio homem. O presente trabalho teve como objetivo investigar a
frequência de leptospirose em cães presentes em Organizações de Proteção Animal do
município de Caicó, estado do Rio Grande do Norte, Brasil. O experimento foi conduzido
durante o período de agosto a novembro de 2017, quando realizou-se a colheita de 35
amostras de soro sanguíneo. O diagnóstico da leptospirose foi determinado pela técnica de
Soroaglutinação Microscópica (SAM), utilizando-se uma coleção de 24 variantes sorológicas.
Para a caracterização dos sorogrupos mais frequentes, realizou-se a titulação de anticorpos de
forma subsequente. A frequência encontrada foi de 8,57% para o sorogrupo Pomona, o único
registrado no estudo e que tem os suínos como importantes reservatórios. Torna-se necessário
evitar o contato de cães com suínos e implantar a elaboração de programas de controle da
doença com ações direcionadas para o uso de vacinas para cães errantes e saneamento
ambiental, com o propósito de evitar a transmissão da doença para seres humanos e outros
animais.
Palavras-chave: Leptospirose; Cães; SAM; Zoonose; Saúde pública.
Abstract
Leptospirosis is an infectious and contagious bacterial disease that affects domestic and wild
animals, in addition to being an important zoonosis. In dogs, it constitutes a serious public
health problem, as they can be asymptomatic carriers, acting as reservoirs and, for this reason,
animals present in Animal Protection Organizations can be reinserted in the community with
Research, Society and Development, v. 9, n. 6, e69963415, 2020
(CC BY 4.0) | ISSN 2525-3409 | DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i6.3415
3
intermittent elimination of the pathogen, which can cause contamination of other animals and
man himself. The present study aimed to investigate the frequency of leptospirosis in dogs
present in Animal Protection Organizations in the municipality of Caicó, state of Rio Grande
do Norte, Brazil. The experiment was carried out from August to November 2017, when 35
blood samples were collected. The diagnosis of leptospirosis was determined by the
Microscopic Soroagglutination Test (MAT) technique, using a collection of 24 serological
variants. For the characterization of the most frequent serogroups, antibody titration was
performed subsequently. The frequency found was 8.57% for the Pomona serogroup, the only
one registered in the study and which has pigs as important reservoirs. It becomes necessary
to avoid the contact of dogs with pigs and to implement the elaboration of disease control
programs with actions directed to the use of vaccines for stray dogs and environmental
sanitation, with the purpose of preventing the transmission of the disease to humans and
others animals.
Keywords: Leptospirosis; Dogs; MAT; Zoonosis; Public health.

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd