Estabilidade pré-analítica do hormônio adrenocorticotrófico endógeno canino após remessa de amostras em gelo seco ou com barras de gelo reciclável

4 de fevereiro de 2021

Canine endogenous adrenocorticotrophic hormone preanalytical stability after sample shipping in dry ice or recyclable ice bars

Autores

Álan Gomes Pöppl, Carolina Castilhos da Silva, Guilherme Luiz Carvalho de Carvalho, Rogério Soila, Priscila Viau Furtado

Resumo

A mensuração do hormônio adrenocorticotrófico endógeno (ACTHe) é útil na investigação do hipercortisolismo e hipoadrenocorticismo. No entanto, como o hormônio é bastante instável, as amostras de sangue necessitam um manejo adequado no processamento e armazenamento, assim como o envio para laboratórios pode ser um passo limitante, uma vez que poucos laboratórios oferecem este ensaio no Brasil. O objetivo deste trabalho foi comparar a estabilidade pré-analítica do ACTHe durante longo período de envio de amostras congeladas em gelo seco (GS), ou com barras de gelo reciclável (BGR). Um total de 56 amostras pareadas para mensuração de ACTHe foram analisadas. As amostras de sangue foram adequadamente manejadas, sendo o plasma transferido para micro tubos plásticos estocados a -80ºC. Os 56 pares de amostras foram enviados à tarde para chegada ao laboratório na manhã seguinte em dois isopores, um com GS e outro com BGR. Apesar de uma alta correlação entre os resultados dos diferentes métodos de envio (r Spearman = 0,958, P<0,001), o teste de Wilcoxon para amostras pareadas mostrou que o método de envio influencia os resultados P<0,001). Apesar desta diferença, os resultados não afetaram a interpretação dos resultados. Desta forma, quando o envio em gelo seco não for possível, o envio das amostras com barras de gelo reciclável pode representar um risco à estabilidade pré-analítica do ACTHe.

Abstract

Endogenous adrenocorticotrophic hormone (eACTH) measurement is useful in hypercortisolism and hypoadrenocorticism investigation; however, since the hormone is highly unstable, blood samples require proper processing and storage, as well as shipping is often a step limiting since few laboratories offer this assay in Brazil. The aim of this note was to compare overnight dog´s eACTH preanalytical
stability when frozen samples were shipped in dry ice (DI), or with recyclable ice bars (RIB). A total of 56 paired samples for eACTH measurement were analyzed. Blood samples were properly handled, plasma aliquots transferred into plastic microtubes, and stored at -80ºC. The fifty-six paired samples were overnight shipped in two thermic isolated boxes with DI or involved by RIB. Despite there was a high
correlation between results from both shipping methods (r Spearman = 0.958, P<0.001), the Wilcoxon matched-pairs rank test showed that the shipping method may influence results (P<0.001). However, this difference does not affect results interpretation. By this way, when DI shipping was not possible, RIB shipping may represent a risk to eACTH preanalytical stability.

Keywords

ACTH determination, shipping method, hyperadrenocorticism, hypercortisolism, hypoadrenocorticism.

Palavras-chave

Mensuração de ACTH, método de remessa, hiperadrenocorticismo, hipercortisolismo, hipoadrenocorticismo.

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd