COVID-19 E ANIMAIS DE COMPANHIA, O QUE SABEMOS ATÉ AGORA?

16 de outubro de 2020

Maria Fernanda Santos, Natalie Bertelis Merlini, Yury Tatiana Granja-Salcedo, Paulo Fernandes Marcusso

Resumo

A COVID-19 causada pela síndrome respiratória aguda grave do coronavirus 2 (SARS-CoV2), foi notificada pela primeira vez em Wuhan na China, iniciando um surto que afetou países do mundo inteiro. A doença acarreta sinais clínicos simples, como resfriados comuns, a quadros
mais graves como pneumonias e insuficiências respiratórias graves. Supõe-se que o agente tenha sido originado de morcegos na China sendo estes reservatórios naturais, contudo, tal relação ainda está em investigação, assim como, os possíveis hospedeiros intermediários. Pouco
se sabe sobre a relação dos animais com o ciclo epidemiológico da doença, entretanto, até então a transmissão do ser humano para os animais de companhia e vice-versa, ainda não é evidenciada. Apesar disso, cuidados devem ser tomados caso os tutores sejam infectados pela doença.

Palavras-chave

SARS-CoV-2, cães, gatos, clínica médica.

Comentar este artigo

Você precisa estar logado para comentar os artigos.
Desenvolvido por logo-crowd